Conecte conosco

TV & Famosos

VÍDEO: Zeca Baleiro indica como reagir à polarização atual: “Invista no amor”

‘É um difícil exercício, ainda mais em meio a essa pobre e tenebrosa polarização política’, diz o cantor

Publicado

em

Zeca Beleiro - Invista no Amor

CARTA – Vem aí o volume 2 do disco O Amor no Caos – o primeiro volume lançado em maio foi o 11° álbum autoral de Zeca Baleiro. O cantor e compositor classifica o disco 1 com canções “mais supostamente radiofônicas”.

O segundo será diferente: “Mais acústico, reflexivo e emocionado”. O primeiro volume gravou músicas feitas em parceria com Paulinho Moska e dois artistas de rap, Cynthia Luz e Rincon Sapiência.

Neste novo, que sairá ainda esse ano, são sete canções só dele (o volume 1 tinha apenas quatro composições sem parceiros entre as 11 faixas).

O disco terá ainda uma música com o compositor do Maranhão Marcos Magah; um poema musicado do francês Tristan Corbière (1845-1875), e uma versão feita com o letrista Léo Nogueira, da música So Long, Marianne, da obra do cantor e poeta canadense Leonard Cohen, falecido há três anos.

P U B L I C I D A D E

TV & Famosos

RENATO ARAGÃO FEZ 86 ANOS E RECEBEU HOMENAGEM DA FILHA, LÍVIA ARAGÃO

A atriz parabenizou o pai em suas redes sociais, pelo seu aniversário do pai, que acontece nesta quarta-feira, 13/1

Publicado

em

Renato Aragão completa 86 anos — Foto: Reproução/Instagram

O Ator Renato Aragão que ficou conhecido como DIDI, completou 86 anos e recebeu uma homenagem linda da sua filha, Lívian Aragão, fruto do seu relacionamento com Lílian Aragão.

Lívia es escreveu em suas redes sociais que o pai é seu melhor amigo e maior exemplo de ser humano.

“Hoje é dia de comemorar mais um ano de vida da pessoa que mais me inspira: meu professor, meu melhor amigo e meu maior exemplo de ser humano. Você merece tudo de mais maravilhoso que existe nesse mundo. Obrigada por sempre acreditar em mim e me apoiar em tudo que faço.”

Lilian Aragão, Renato Aragão e Lívian Aragão — Foto: Reprodução/Instagram

“Obrigada por me ouvir, me aconselhar e estar sempre presente. Que Deus continue te iluminando pra que você possa continuar levando alegria para todo o Brasil. Você é luz, alegria e amor. Te amo, pai! Feliz aniversário! ❤️”

Continuar Lendo

TV & Famosos

Morre Eduardo Galvão aos 58 anos pelo coronavírus

Ator global estava internado há mais de uma semana por complicações da doença

Publicado

em

Metro1 – Morreu, ontem (7), o ator Eduardo Galvão aos 58 anos. Ele estava internado por conta da Covid-19 há mais de uma semana no Hospital Unimed, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro. Quando o ator deu entrada, quase metade dos seus pulmões já estavam comprometidos.

O artista chegou a ficar entubado após complicações e seus últimos dias foram na UTI. A informação foi divulgada pela família na madrugada de hoje (8).

A última participação do ator na Globo foi na novela “Bom Sucesso” em 2019, como Dr. Machado. Ele contracenou com Angélica no famoso programa infantil “Caça Talentos” em 1996 e atuou em filmes como “Despedida de Solteiro”, “Porto dos Milagres” e “O Beijo do Vampiro”.

Continuar Lendo

MUNDO

Com pranto e paixão, milhares de argentinos se despedem de Maradona

Publicado

em

Com pranto e paixão, milhares de argentinos se despedem de Maradona

BUENOS AIRES – Uma multidão de torcedores e de personalidades do esporte e da política passou nesta quinta-feira pela Casa Rosada, em Buenos Aires, para se despedir do ícone do futebol Diego Armando Maradona, que morreu aos 60 anos devido a uma insuficiência cardíaca.

A morte de um dos melhores e mais carismáticos jogadores da história, ocorrida na quarta-feira em sua casa no subúrbio de Buenos Aires, desencadeou reações profundas e homenagens em todo o mundo, inclusive de presidente e do papa Francisco.

“Maradona é a maior coisa que me aconteceu na vida. Eu o amo tanto quanto meu pai, e é como se meu velho tivesse morrido”, disse, em prantos, Cristian Montelli, funcionário administrativo, de 22 anos, que tem uma tatuagem com o rosto de Maradona em uma perna.

Em meio às muitas homenagens, também houve incidentes violentos. As forças policiais dispararam balas de borracha e gás lacrimogêneo quando os admiradores, que formaram uma fila de mais de 2 quilômetros no centro de Buenos Aires, se afobaram para se despedir de Maradona antes que o transferissem ao lugar de seu enterro.

Diante da mobilização imensa, a família e as autoridades decidiram ampliar o velório até as 22h, três horas mais do que o horário previsto originalmente.

Mas a sede do governo ficou repleta de torcedores exaltados, e as autoridades resolveram retirar o féretro do lugar por segurança, segundo a televisão local.

Alguns meios de comunicação argentinos estimavam que até 1 milhão de pessoas poderia comparecer para se despedir de seu ídolo, apesar da pandemia de coronavírus.

Uma multidão ocupou durante toda a noite a Plaza de Mayo, que fica diante da Casa Rosada, para homenagear o astro e esperar para lhe dar adeus. Na quarta-feira, dezenas de milhares de argentinos saíram às ruas e os estádios de futebol acenderam as luzes às 10 horas da noite – o número da camisa de Maradona – como tributo ao “Pelusa”.

As portas do palácio presidencial se abriram na primeira hora desta quinta-feira, quando já havia uma fila longa de pessoas que esperavam para entrar para ver o corpo do ídolo, coberto com uma bandeira da Argentina e uma camisa da seleção com o número 10.

Muitos admiradores esboçavam algumas palavras tímidas de despedida ou lançavam flores. Outros simplesmente choravam.

Reuters

Continuar Lendo

AS MAIS LIDAS DA SEMANA