Conecte conosco

MUNDO

Universidade de New York oferece bolsas de R$15 mil para brasileiros

Os cursos são ministrados em Albany ou New Paltz e abordam a área de administração

Publicado

em

Bahia.ba – New York é um dos maiores destinos turísticos do mundo, tanto para lazer quanto para negócios. Para muitos estudantes e profissionais de diferentes áreas, ter contato com o mundo de negócios de Manhattan pode abrir muitas portas.

Uma oportunidade para este público é o processo seletivo aberto pela State University of New York, que oferece bolsas de estudo parciais para brasileiros em seus cursos de curta duração (três semanas).

O benefício é de 50% para os quatro programas disponíveis na universidade – Marketing & Value Management, Competitive Project Management, Corporate Financial Management e Strategic Thinking. Com a bolsa, o investimento no programa é de USD 4.039 + USD 90 da taxa de matrícula.

Todos os programas oferecem um módulo adicional de Business English, onde a língua inglesa é ensinada no contexto empresarial. A iniciativa é feita em parceria com a escola de negócios IBS Americas.

Para se inscrever no processo seletivo, o candidato deve ter mais de 18 anos, nível de inglês intermediário e estar cursando ou ter diploma de ensino superior. Os cursos são ministrados no campus de Albany (janeiro) e New Paltz (julho), e todos os programas incluem visitas a empresas e conversas com executivos locais.

Além disso, os alunos terão as sextas-feiras e os finais de semana livres para turismo, lazer ou visitas opcionais, como à sede da ONU, em New York City.

Como participar do processo – Para realizar sua inscrição, o candidato deve entrar na página da universidade (clique aqui), escolher o curso desejado, preencher o Application Form com seus dados pessoais e acadêmicos, além de anexar o comprovante de matrícula ou diploma da sua universidade.

A partir do formulário enviado, a equipe da IBS Americas retornará com o resultado da candidatura, por e-mail ou telefone, em até duas semanas. Em caso de dúvidas, é possível contatar a equipe pelo e-mail info@ibs-americas.com.

MUNDO

Terremoto de magnitude 4,8 atinge Florença, na Itália

Pessoas saíram de suas casas e serviços de trem foram afetados em todo o país

Publicado

em

Metro1 – Um terremoto atingiu parte da cidade de Florença, na Itália, nesta segunda-feira (9) pela manhã. De acordo com o G1, não houve destruição de edifícios, mas alguns foram danificados. Pessoas saíram de suas casas e serviços de trem foram afetados em todo o país.

O tremor de magnitude de 4,8 atingiu a cordilheira dos Apeninos às 3h30 (23h30 de domingo em Brasília), segundo o Serviço Geológico dos Estados Unidos. A magnitude não é considerado de intensidade muito forte.

Continuar Lendo

MUNDO

Trump reage a anúncio de teste de mísseis na Coreia do Norte

Presidente dos Estados Unidos diz a Kim Jong-un que ele deve desnuclearizar o país pois “tem muito a perder”

Publicado

em

Metro1– O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, reagiu ao anúncio feito pelo presidente da Coreia do Norte, Kim Jong-un, que noticiou  hoje (8) um “teste muito importante” realacionado ao programa de mísseis. Trump afirmou, pelo Twitter, que o presidente norte-coreano deve desnuclearizar o país e abandonar a postura hostil, ou corre o risco de perder “tudo”. 

“Kim Jong-un é inteligente demais e tem muito a perder, tudo na verdade, se agir de maneira hostil”, disse Trump. O presidente norte-americano relembrou ainda que os dois chefes de Estado assinaram, no ano passado, um acordo de desnuclearização completa da península, e pede para ele não descumpra o pacto. 

Continuar Lendo

MUNDO

Índia: incêndio em fábrica deixa mais de 40 mortos

Pelo menos cem pessoas estavam na fábrica no momento do incêndio. Segundo a polícia, o número de mortos pode aumentar

Publicado

em

Metro1 – Um incêndio em uma fábrica em Nova Déli, capital da Índia, deixou 43 mortos neste domingo (8). O fogo começou às 5h30 (20h30 em Brasília) e logo se espalhou pelo imóvel, que produz principalmente mochilas, no centro histórico da cidade. As causas do incêndio ainda são investigadas.

Pelo menos cem pessoas estavam na fábrica no momento do incêndio. Segundo a polícia, o número de mortos pode aumentar, já que, das 58 pessoas resgatadas no local 16 foram hospitalizadas. Algumas delas estão em estado grave. 

O chefe dos bombeiros de Nova Déli, Sunil Choudhary, informou que vítimas são funcionários que dormiam no edifício. Os bombeiros controlaram as chamas e seguem no local à procura de outras possíveis vítimas.

Continuar Lendo

AS MAIS LIDAS DA SEMANA