Conecte conosco

MUNDO

Russo processa Apple por ‘virar gay’ após uso da criptomoeda GayCoins

Homem pediu uma indenização de cerca de US$ 15 mil por danos morais e psicológicos

Publicado

em

Bahia.ba – Um cidadão russo abriu um processo contra a empresa multinacional norte-americana ‘Apple’ por danos morais. Com informações da EXAME.

O autor da ação alega que um aplicativo do iPhone o transformou em ‘homossexual’, e solicitou como reparação, uma indenização de cerca de US$ 15 mil por danos morais e psicológicos, pelo recebimento de uma criptomoeda chamada “GayCoin” por meio de um aplicativo do smartphone, no lugar dos bitcoins que havia comprado.

De acordo com o advogado, o cliente fez o download de um aplicativo de criptomoedas na Apple Store e recebeu uma transferência de 69 “GayCoins” com uma mensagem que dizia ‘Não julgue antes de testar’.

“Decidi testar as relações sexuais. Dois meses depois, iniciei uma relação íntima com uma pessoa de mesmo sexo e agora não consigo voltar atrás”.“Tenho um namorado estável e não sei como explicar isso a meus pais. Minha vida mudou para pior e nunca mais voltará a ser normal”, acrescentou. Segundo o homem, ‘A Apple me empurrou para a homossexualidade’, afirmou ainda a suposta vítima.

A federação da Rússia se caracteriza pela prática de homofobia e pelos frequentes ataques contra membros da comunidade LGTBIQ. Em 2013, foi aprovada uma lei contra “a propaganda gay”.

MUNDO

Brexit: Governo se compromete a pedir adiamento se não houver acordo

Prazo é este sábado (19)

Publicado

em

Metro1 – O ministro britânico para o Brexit, Steve Barclay, declarou hoje (16) que o governo pretende seguir a lei e pedir um adiamento para a saída do Reino Unido para a União Europeia caso um acordo não seja alcançado até sábado (19).

“O governo vai cumprir a lei e os compromissos dados ao tribunal em relação à lei”, declarou Barclay em comissão parlamentar sobre Brexit. A Lei de Saída da UE (nº 2) obriga o primeiro-ministro, Boris Johnson, a adiar o saída até 31 de janeiro, mais três meses, caso não seja alcançado um acordo ou autorizado uma saída sem acordo até o dia 19 deste mês.

O ministro não confirmou uma sessão parlamentar no sábado para discutir os resultados do Conselho Europeu, que ocorre na quinta e sexta-feira (17 e 18). Segundo ele, a decisão de realizar esta sessão só será confirmada quando as negociações forem concluídas.

Continuar Lendo

MUNDO

Ecologicamente correto: empresa lança cerveja em garrafa de papel

Projeto da Carlsberg promete zerar as emissões de carbono em suas cervejarias até 2030

Publicado

em

Bahia.ba – A empresa dinamarquesa, Carlsberg, revelou na última semana dois protótipos de garrafas biodegradáveis, a Green Fibre Bottle, feitas de fibras de madeira e com uma camada interna impermeável. Com informações da Época.

O projeto tem como iniciativa a criação de garrafas de papel. Em um dos protótipos, a proteção é uma fina camada de plástico feita de garrafas PET recicladas. O outro modelo usa o polímero biodegradável PEF (polietileno 2,5-furandicarboxilato).

Myriam Shingleton, vice-presidente de desenvolvimento da Carlsberg, falou sobre sucesso da criação. “Estamos contentes com os avanços com a Green Fibre Bottle. Ainda não chegamos lá, mas os dois protótipos são um passo importante para realizar nossa ambição final de trazer essa novidade ao mercado”.

A iniciativa faz parte do projeto da Carlsberg em zerar as emissões de carbono em suas cervejarias até 2030. Na cadeia inteira de produção, o objetivo é diminuir emissões em 30%.

A busca pela embalagem de papel começou em 2015, quando a Carlsberg se juntou com outras empresas locais para desenvolver a tecnologia.

Em 2019, a Paboco foi formada para criar garrafas sustentáveis. É uma joint-venture entre a empresa de embalagens BillerudKorsnäs e a fabricante de garrafas Ampla.

Junto com a Green Fibre Bottle, a Carlsberg anunciou uma parceria com Coca-Cola, L’Oreal, Absolut e a Paboco para avançar na pesquisa e desenvolvimento da garrafa de papel. “Parcerias como essa, que são unidas pelo desejo de criar inovações sustentáveis, são a melhor maneira de trazer mudanças reais,” disse Shingleton.

Continuar Lendo

MUNDO

Manifestações pró-democracia em Hong Kong se intensificam

Protestos aumentaram desde a entrada em vigor, no sábado (5), de um regulamento que proíbe a utilização de máscaras em manifestações

Publicado

em

Bahia.ba – Manifestações pró-democracia em Hong Kong tornaram-se mais intensas, com alguns manifestantes atacando estações de linhas de metrô e shopping centers.

Os protestos aumentaram desde a entrada em vigor, no sábado (5), de um regulamento que proíbe a utilização de máscaras em manifestações. Na segunda-feira (7), à noite, os protestos aconteceram em vários locais da Península de Kowloon. Alguns jovens manifestantes praticaram vandalismos nas estações de metrô, enquanto outros saquearam shoppings.

A polícia utilizou gás lacrimogêneo para dispersar os manifestantes, que montaram barricadas e puseram fogo nas ruas.

O governo de Hong Kong disse que a proibição visa a evitar ainda mais confrontos e tumultos. Contudo, a violência prolongada não mostra sinais de término.

Nessa terça-feira, os cidadãos voltaram ao trabalho e à escola, após três dias de feriados, mas muitas estações de metrô danificadas permanecem fechadas. Algumas lojas decidiram cortar o tempo de funcionamento pelo receios de mais instabilidade.

*Emissora pública de televisão do Japão

Continuar Lendo

AS MAIS LIDAS DA SEMANA