Conecte conosco

BRASIL

Registros de estupro batem recorde no Brasil em 2018; casos de injúria racial aumentam 20%

Crescimento vai na contramão da redução registrada nos demais crimes violentos

Publicado

em

Metro1 – O Brasil atingiu um número recorde de registros de estupros em 2018, segundo dados do 13º Anuário Brasileiro de Segurança Pública divulgado hoje (10) pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública. Foram 66.041 vítimas, o que representa uma taxa de 31,7 estupros por 100 mil habitantes. O crime é um dos poucos que tiveram aumento no ano passado, quando as mortes violentas caíram 10,8%.

Na maioria dos casos (75,9%), o autor do crime é conhecido da vítima. A maior parte dos registros (26,9%) se refere a crianças de 10 a 13 anos.

Outro crime que teve aumento nos registros foi o de injúria racial, com alta de 20,6%: de 6.195 casos em 2017 para 7.616, em 2018. Também houve aumento de 10,1% nas anotações de homicídios contra a população LGBT.

BRASIL

Peritos da Polícia Federal produzirão frascos de álcool 70%

Produção pretende atender a demanda da sede da PF e da superintendência do Distrito Federal

Publicado

em

Bahia.ba – Devido à escassez de produtos de higiene, peritos criminais da Polícia Federal tomaram a iniciativa de produzir, no Instituto Nacional de Criminalística (INC), frascos de 60 ml de álcool 70% — concentração adequada para o produto ser eficaz contra a Covid-19. A informação é da coluna de Guilherme Amado, da revista Época.

Segundo a publicação, a produção pretende atender a demanda da sede da PF e da superintendência do Distrito Federal.

De acordo com o presidente da Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais, Marcos Camargo, o INC pode fazer mais 150 litros de álcool absoluto, que podem ser transformados em cerca de três mil frascos do álcool 70%.

Continuar Lendo

BRASIL

Coronavírus: Brasil vive explosão de internações por problemas respiratórios, diz Fiocruz

Desde o primeiro caso notificado, números saltaram

Publicado

em

Bahia.ba –

De acordo com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), desde que o primeiro caso notificado de coronavírus, em 25 de fevereiro, o Brasil vive uma “explosão” de internamentos ocasionados por insuficiência respiratória grave.

Conforme os dados da Fiocruz, na semana do primeiro caso diagnósticado, 662 pessoas procuraram atendimento médico no país com problema agudo de respiração, além de febre, tosse e dor de garganta.

Na semana entre os dias 15 e 21 de março, o número de internos já havia saltado para 2.250, segundo projeção feita com base nas notificações oficiais enviadas por unidades de saúde e hospitais públicos e particulares de todo o país.

“É um número casa vez maior do que a médica histórica, de cerca de 250 casos de hospitalização nos meses de fevereiro e março, em anos anteriores”, comenta o pesquisador da Fiocruz, Marcelo Ferreira da Costa Gomes.

Continuar Lendo

BRASIL

Bolsonaro inclui atividades religiosas em lista de serviços essenciais durante pandemia

Serviço ou atividade fica autorizado a funcionar mesmo durante restrição ou quarentena, desde que obedeça as determinações do Ministério da Saúde

Publicado

em

Metro1 – O presidente da República, Jair Bolsonaro, determinou que as atividades religiosas façam parte da lista de atividades e serviços considerados essenciais durante a pandemia do novo coronavírus.

O mandatário editou um decreto, publicado no Diário Oficial da União hoje (26), que tem validade imediata, sem a necessidade de aprovação pelo Congresso.

Com isso, o serviço ou atividade fica autorizado a funcionar mesmo durante restrição ou quarentena, desde que obedeça as determinações do Ministério da Saúde. 

O funcionamento de atividades religiosas era limitado com as medidas de combate ao coronavírus tomadas pelos governadores dos estados, a fim de evitar aglomerações e reduzir as possibilidades de contágio do vírus.

No dia 17 de março, começou a valer o decreto do governo da Bahia que proibiu, com prazo de 30 dias, eventos e atividades com a presença de público superior a 50 pessoas.

Continuar Lendo

AS MAIS LIDAS DA SEMANA