Conecte conosco

Cidades

Prefeitura de Feira de Santana endurece restrições após descumprimento de decretos

Segundo o prefeito Colbert Martins (MDB), empresas e parte da população têm desrespeitado medidas contra o coronavírus

Publicado

em

Bahia.ba – O prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins (MDB), decidiu endurecer o combate contra o novo coronavírus na cidade, após identificar que empresas e parte da população tem descumprido os decretos municipais. Na segunda-feira (18), o gestor decidiu suspender o funcionamento do comércio e determinou fiscalização mais rígida em bairros economicamente ativos do município.

De acordo com o prefeito, a fiscalização realizada pela prefeitura já vinha identificando, em alguns bairros, o funcionamento de bares, restaurantes e pizzarias, além da realização de competições amadoras, todos proibidos por decretos. Além disso, alguns estabelecimentos não estavam cumprindo regras como permitir o acesso somente de pessoas com máscaras, disponibilizar de álcool em gel e o controlar o número de clientes dentro das lojas.

“Todas as nossas decisões são baseadas na ciência, em dados, em critérios técnicos. Neste sentido, decidimos endurecer as medidas e estamos estudando outras. Vamos, por exemplo, realizar uma fiscalização mais rigorosa em bairros de grande circulação, inclusive com possibilidade de alguns estabelecimentos que estão descumprindo os decretos perderem o alvará de funcionamento”, afirma Colbert.

Segundo o ele, o maior fluxo de pessoas nos bairros economicamente ativos é registrado nos finais de semana, o que exige fiscalização mais rígida e até eventuais medidas mais restritivas. “Nos finais de semana, percebemos que parte da população ainda insiste em realizar aglomerações e frequentar estes locais, o que representa um grande risco de contágio”, frisa.

Nas ruas, também foi observado que parte da população não vinha respeitando os decretos que obrigavam o uso de máscara e que impediam aglomerações. Nos últimos dias, o prefeito já vinha alertando que, embora a situação esteja controlada na cidade, o desrespeito às regras poderia resultar em medidas mais restritivas.

Prorrogação – Além do fechamento do comércio, o decreto publicado nesta segunda mantém a suspensão das atividades de todos os shopping centers, galerias, lojas de conveniência de postos de gasolina e afins, Feiraguay, Mercado de Arte Popular, Campo do Gado, bares e restaurantes. A restrição também continua para academias de ginásticas, cinemas, teatros e demais casas de espetáculos e eventos. Além disso, as aulas na rede municipal e nas unidades privadas seguem suspensas.

De acordo com o decreto, a Ceasa e o Centro de Abastecimento continuam a funcionar das 4h às 14h. O serviço de delivery ou take-away (retirada no balcão) também permanecerá a funcionar normalmente. Além disso, os serviços essenciais como supermercados, farmácia e instituições bancárias seguem funcionando.

BAHIA

Governo anuncia data de pagamento da parcela do vale-alimentação estudantil

800 mil alunos da rede estadual de ensino vão ter direito ao auxílio de R$ 55 do vale-alimentação

Publicado

em

Metro1 – O governador Rui Costa (PT) anunciou o pagamento de mais uma parcela do vale-alimentação estudantil, que beneficia 800 mil alunos da rede estadual de ensino. O auxílio de R$ 55 será disponibilizado a partir do dia 8 de junho. 

O anúncio foi feito durante uma transmissão nas redes sociais, no início da noite de sexta-feira (29). Os estudantes poderão utilizar a quantia exclusivamente para comprar itens do gênero alimentício em qualquer mercado instalado na Bahia a partir da data, quando o valor será depositado pelo Estado. 

Para pagar a nova parcela do benefício, o governo estadual investirá R$ 44 milhões, mesmo montante do primeiro pagamento feito aos estudantes, em 20 de abril, como destacou o governador. “Vamos concluir a entrega dos cartões já nessa próxima semana, para que o pagamento da segunda parcela seja feito direta e integralmente por meio do cartão. Portanto, quem ainda não recebeu o cartão deve entrar em contato com a escola o quanto antes já que não será possível ter acesso ao benefício indo diretamente aos mercados, como ocorreu no primeiro pagamento”, alertou.

Continuar Lendo

Cidades

Transporte intermunicipal é suspenso em mais 21 cidades baianas; total chega a 240

Decreto ainda estabelece retirada da restrição em seis unidades

Publicado

em

Metro1 – O transporte intermunicipal será suspenso em mais 21 cidades baianas, a partir de amanhã (29), em razão da pandemia de coronavírus. De acordo com decreto do Diário Oficial do Estado de hoje (28), passam a adotar a medida Baianópolis, Caraíbas, Conde, Coração de Maria, Coronel João Sá, Crisópolis, Fátima, Macarani, Miguel Calmon, Palmeiras, Piatã, Pintadas, Presidente Dutra, Riachão das Neves, Rio do Antônio, Salinas das Margaridas, Santa Inês, Santa Teresinha, São Domingos, Terra Nova e Tucano. 

Com a inclusão dos novos municípios, 240 unidades na Bahia possuem a restrição, que inclui circulação, saída e chegada de qualquer transporte coletivo público e privado, rodoviário e hidroviário, nas modalidades regular, fretamento, complementar, alternativo e de vans. 

O decreto autoriza ainda a retomada do transporte em Irecê, Licínio de Almeida, Ouriçangas, Ruy Barbosa, Santa Luzia e Santanópolis, cidades que estão há 14 dias ou mais sem novos casos da Covid-19.

Continuar Lendo

Cidades

Feira de Santana tem a maior taxa de infecção por coronavírus da Bahia

Dados apresentados pelo governador Rui Costa apontam que município tem 408 casos registrados de Covid-19

Publicado

em

Metro1 – O governador Rui Costa (PT) alertou para o crescimento acentuado de casos de coronavírus em Feira de Santana, a cerca de 100 quilômetros de Salvador. Em transmissão ao vivo nas redes sociais na noite de hoje (27), o chefe do Executivo estadual cobrou um aumento do isolamento social mo município. Ao todo, de acordo com o último boletim da Secretaria Estadual de Saúde, foram registrados 408 casos de Covid-19 e quatro mortos. 
 
“Não é mais sinal amarelo, é vermelho que está aceso. É preciso aumentar o isolamento urgente em Feira. Se continuar com essa taxa, vai ter explosão de casos em Feira. Enquanto a Bahia está estabilizado, Feira de Santana está crescendo. É hoje o município com maior taxa de crescimento”, afirmou o governador. 

Ainda segundo o governador, outros municípios apresentaram taxas de crescimento inferiores em relação aos últimos registros de coronavírus. “Na hora que elas pararem de crescer, vamos começar a descida dos números. Hoje é um resultado para nos alegrar. Não chegou a um resultado final, mas começamos a ver uma luz no fim do túnel. Para fazer essa linha cair, temos que manter isso em alguns dias. Se conseguir manter um isolamento maior, nós vamos reverter esse gráfico”, afirmou Rui. 

Continuar Lendo

AS MAIS LIDAS DA SEMANA