Conecte conosco

Cidades

Prefeitura de Feira de Santana endurece restrições após descumprimento de decretos

Segundo o prefeito Colbert Martins (MDB), empresas e parte da população têm desrespeitado medidas contra o coronavírus

Publicado

em

Bahia.ba – O prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins (MDB), decidiu endurecer o combate contra o novo coronavírus na cidade, após identificar que empresas e parte da população tem descumprido os decretos municipais. Na segunda-feira (18), o gestor decidiu suspender o funcionamento do comércio e determinou fiscalização mais rígida em bairros economicamente ativos do município.

De acordo com o prefeito, a fiscalização realizada pela prefeitura já vinha identificando, em alguns bairros, o funcionamento de bares, restaurantes e pizzarias, além da realização de competições amadoras, todos proibidos por decretos. Além disso, alguns estabelecimentos não estavam cumprindo regras como permitir o acesso somente de pessoas com máscaras, disponibilizar de álcool em gel e o controlar o número de clientes dentro das lojas.

“Todas as nossas decisões são baseadas na ciência, em dados, em critérios técnicos. Neste sentido, decidimos endurecer as medidas e estamos estudando outras. Vamos, por exemplo, realizar uma fiscalização mais rigorosa em bairros de grande circulação, inclusive com possibilidade de alguns estabelecimentos que estão descumprindo os decretos perderem o alvará de funcionamento”, afirma Colbert.

Segundo o ele, o maior fluxo de pessoas nos bairros economicamente ativos é registrado nos finais de semana, o que exige fiscalização mais rígida e até eventuais medidas mais restritivas. “Nos finais de semana, percebemos que parte da população ainda insiste em realizar aglomerações e frequentar estes locais, o que representa um grande risco de contágio”, frisa.

Nas ruas, também foi observado que parte da população não vinha respeitando os decretos que obrigavam o uso de máscara e que impediam aglomerações. Nos últimos dias, o prefeito já vinha alertando que, embora a situação esteja controlada na cidade, o desrespeito às regras poderia resultar em medidas mais restritivas.

Prorrogação – Além do fechamento do comércio, o decreto publicado nesta segunda mantém a suspensão das atividades de todos os shopping centers, galerias, lojas de conveniência de postos de gasolina e afins, Feiraguay, Mercado de Arte Popular, Campo do Gado, bares e restaurantes. A restrição também continua para academias de ginásticas, cinemas, teatros e demais casas de espetáculos e eventos. Além disso, as aulas na rede municipal e nas unidades privadas seguem suspensas.

De acordo com o decreto, a Ceasa e o Centro de Abastecimento continuam a funcionar das 4h às 14h. O serviço de delivery ou take-away (retirada no balcão) também permanecerá a funcionar normalmente. Além disso, os serviços essenciais como supermercados, farmácia e instituições bancárias seguem funcionando.

P U B L I C I D A D E

Cidades

PRESENTE DE NATAL:Prefeito eleito de Porto Seguro diz que assinará decreto liberando as festas de Ano Novo

Publicado

em

PRESENTE DE NATAL

Em vídeo no Facebook, o prefeito eleito de Porto Seguro (BA), Jânio Natal (PRP-BA), prometeu distribuir para a população um “kit Covid”, com medicamentos sem eficácia comprovada, como azitromicina e a hidroxicloroquina.

Sem base científica, Jânio afirmou que coronavírus se prolifera menos no verão. De acordo com o prefeito, não haverá “lockdown” na cidade, caso aconteça uma segunda onda da doença. 

Continuar Lendo

Cidades

Bahia suspende transporte em mais 41 cidades; total chega a 345

Decreto ainda autoriza a retomada do transporte intermunicipal em Biritinga, Boa Nova, Catolândia, Mirante, Piatã e Várzea da Roça, cidades com 14 dias ou mais sem novos casos de Covid-19

Publicado

em

Bahia.ba – O transporte intermunicipal será suspenso nas cidades de Araçás, Aracatu, Barra do Mendes, Boa Vista do Tupim, Bom Jesus da Serra, Boquira, Cafarnaum, Canavieiras, Canudos, Carinhanha, Cipó, Fátima, Feira da Mata, Firmino Alves, Heliópolis, Ibiassucê, Ibiquera, Ichu, Itagi, Itagimirim, Itamari, Itaquara, Itiruçu, Jacaraci, Jiquiriçá, Jucuruçu, Lajedo do Tabocal, Macururé, Mucugê, Palmas de Monte Alto, Paratinga, Pé de Serra, Piritiba, Presidente Jânio Quadros, Ribeirão do Largo, Santa Maria da Vitória, Santana, Santa Rita de Cássia, São Félix do Coribe, São Miguel das Matas e Tremedal, a partir de quarta-feira (1º de julho). A decisão, que foi publicada em decreto no Diário Oficial do Estado nesta terça (30), pretende conter o avanço do coronavírus na população baiana.

Ficam proibidas nesses municípios a circulação, a saída e a chegada de qualquer transporte coletivo intermunicipal, público e privado, rodoviário e hidroviário, nas modalidades regular, fretamento, complementar, alternativo e de vans. Também continuam suspensas, até o dia 6 de julho, a circulação, a saída e a chegada de ônibus interestaduais no território baiano.

O decreto ainda autoriza a retomada do transporte intermunicipal em Biritinga, Boa Nova, Catolândia, Mirante, Piatã e Várzea da Roça, cidades com 14 dias ou mais sem novos casos de Covid-19.

Lista de municípios

No total, Bahia possui 345 municípios com transporte suspenso. São eles: Abaíra, Abaré, Acajutiba, Adustina, Água Fria, Aiquara, Alagoinhas, Alcobaça, Almadina, Amargosa, Amélia Rodrigues, América Dourada, Anagé, Andaraí, Andorinha, Anguera, Antônio Cardoso, Antônio Gonçalves, Aporá, Apuarema, Araçás, Aracatu, Araci, Aramari, Aurelino Leal, Baianópolis, Baixa Grande, Banzaê, Barra, Barra da Estiva, Barra do Choça, Barra do Mendes, Barreiras, Barro Preto, Barrocas, Belmonte, Boa Vista do Tupim, Bom Jesus da Lapa, Bom Jesus da Serra, Boninal, Boquira, Brejões, Brumado, Buerarema, Buritirama, Caatiba, Cabaceiras do Paraguaçu, Cachoeira, Caculé, Caém, Caetité, Cafarnaum, Cairu, Caldeirão Grande, Camacã, Camaçari, Camamu, Campo Alegre de Lourdes, Campo Formoso, Canarana, Canavieiras, Candeal, Candeias, Candiba, Cândido Soares, Cansanção, Canudos, Capela do Alto Alegre, Capim Grosso, Caravelas, Carinhanha, Casa Nova, Castro Alves, Catu, Cícero Dantas, Cipó, Dom Basílio, Coaraci, Conceição da Feira, Conceição do Almeida, Conceição do Coité, Conceição do Jacuípe, Conde, Condeúba, Coração de Maria, Cravolândia, Crisópolis, Cristópolis, Cruz das Almas, Curaçá, Dário Meira, Dias D’Ávila, Dom Macedo Costa, Encruzilhada, Entre Rios, Esplanada, Euclides da Cunha, Eunápolis, Fátima, Feira da Mata, Feira de Santana, Filadélfia, Firmino Alves, Floresta Azul, Formosa do Rio Preto, Gandu, Gentio do Ouro, Glória e Gongogi.

A restrição também inclui Governador Mangabeira, Guanambi, Guaratinga, Heliópolis, Iaçu, Ibiassucê, Ibicaraí, Ibicoara, Ibicuí, Ibipitanga, Ibirapitanga, Ibirapuã, Ibirataia, Ibitiara, Ibiquera, Ibotirama, Ichu, Igrapiúna, Iguaí, Ilhéus, Inhambupe, Ipecaetá, Ipiaú, Ipirá, Iraquara, Irará, Irecê, Itabela, Itaberaba, Itabuna, Itacaré, Itaetê, Itagi, Itagibá, Itagimirim, Itaju do Colônia, Itajuípe, Itamaraju, Itamari, Itambé, Itanhém, Itaparica, Itapé, Itapebi, Itapetinga, Itapicuru, Itapitanga, Itaquara, Itarantim, Itatim, Itiruçu, Itororó, Ituberá, Jacaraci, Jacobina, Jaguaquara, Jaguarari, Jaguaripe, Jandaíra, Jequié, Jeremoabo, Jiquiriçá, Jitaúna, João Dourado, Juazeiro, Jucuruçu, Jussari, Lafaiete Coutinho, Laje, Lajedão, Lajedo do Tabocal, Lamarão, Lapão, Lauro de Freitas, Licínio de Almeida, Livramento de Nossa Senhora, Luís Eduardo Magalhães, Macajuba, Macarani, Macaúbas, Macururé, Madre de Deus, Maiquinique, Mairi, Malhada de Pedras, Manoel Vitorino, Mansidão, Maracás, Maragogipe, Maraú, Mascote, Mata de São João, Medeiros Neto, Miguel Calmon, Milagres, Monte Santo, Morpará, Morro do Chapéu, Mortugaba, Mucugê, Mucuri, Mulungu do Morro, Mundo Novo, Muniz Ferreira, Muquém de São Francisco, Muritiba, Mutuípe, Nazaré, Nilo Peçanha, Nordestina, Nova Canaã e Nova Ibiá.

Estão com restrição no transporte ainda Nova Redenção, Nova Soure, Nova Viçosa, Novo Triunfo, Olindina, Oliveira dos Brejinhos, Ouriçangas, Ourolândia, Palmas de Monte Alto, Paratinga, Paripiranga, Pau Brasil, Paulo Afonso, Pé de Serra, Pedro Alexandre, Pilão Arcado, Pindaí, Pindobaçu, Pintadas, Piraí do Norte, Piripá, Piritiba, Planalto, Poções, Pojuca, Ponto Novo, Porto Seguro, Potiraguá, Prado, Presidente Dutra, Presidente Jânio Quadros, Presidente Tancredo Neves, Queimadas, Quijingue, Quixabeira, Rafael Jambeiro, Retirolândia, Riachão das Neves, Riachão do Jacuípe, Riacho de Santana, Ribeira do Amparo, Ribeira do Pombal, Ribeirão do Largo, Rio do Pires, Rio Real, Ruy Barbosa, Salinas de Margarida, Salvador, Santa Bárbara, Santa Brígida, Santa Cruz Cabrália, Santa Cruz da Vitória, Santa Inês, Santa Luzia, Santaluz, Santa Maria da Vitória, Santana, Santa Rita de Cássia, Santanópolis, Santa Teresinha, Santo Amaro, Santo Antônio de Jesus, Santo Estevão, São Desidério, São Domingos, São Felipe, São Félix, São Félix do Coribe, São Francisco do Conde, São Gabriel, São Gonçalo dos Campos, São José da Vitória, São Sebastião do Passé, São Miguel das Matas, Sapeaçu, Sátiro Dias, Saubara, Seabra, Senhor do Bonfim, Sento Sé, Serra do Malhado, Serra Preta, Serrinha, Serrolândia, Simões Filho, Sítio do Quinto, Sobradinho, Souto Soares, Tabocas do Brejo Velho, Tanquinho, Taperoá, Tapiramutá, Teixeira de Freitas, Teodoro Sampaio, Teofilândia, Teolândia, Terra Nova, Tremedal, Tucano, Uauá, Ubaíra, Ubaitaba, Ubatã, Uibaí, Umburanas, Una, Urandi, Uruçuca, Utinga, Valença, Valente, Varzedo, Várzea Nova, Vera Cruz, Vereda, Vitória da Conquista, Wenceslau Guimarães e Xique-Xique.

Continuar Lendo

Cidades

Feira de Santana: prefeito estende fechamento do comércio até 15 de junho

“Estamos passando por um momento muito difícil e é muito duro ter que deixar a nossa cidade parada”, disse Colbert Martins

Publicado

em

Bahia.ba – O prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins (MDB), decidiu prorrogar no domingo (7) o decreto de fechamento do comércio da cidade por mais uma semana, devido ao crescimento dos casos de coronavírus no município. As atividades comerciais permanecem fechadas até dia 15 de junho.

“Estamos passando por um momento muito difícil e é muito duro ter que deixar a nossa cidade parada, o nosso comércio que é a principal força da nossa terra. Precisamos priorizar a vida, por isso a necessidade em ampliar o isolamento social. Estamos fazendo tudo, para que possamos retomar as atividades com a maior brevidade possível”, escreveu Martins em seu Twitter.

Continuar Lendo

AS MAIS LIDAS DA SEMANA