Conecte conosco

BAHIA

PF mira fraude e desvio de recursos em gestão do Hospital Regional de Juazeiro

Sesab é alvo de mandado de busca e apreensão; governo diz que é ‘maior interessado nos esclarecimentos dos fatos’

Publicado

em

Metro1 – A Polícia Federal deflagrou na manhã de hoje (19), com o apoio da Controladoria-Geral da União, mais uma etapa da Operação Metástase, que visa desarticular esquema de fraude em licitações e desvio de recursos públicos destinados à gestão do Hospital Regional de Juazeiro – HRJ. Ao todo, foram expedidos pela Justiça Federal em Juazeiro cinco cinco mandados de prisão preventiva, um mandado de prisão temporária e 16 (dezesseis) mandados de busca e apreensão.

Os agentes cumprem os mandados nos municípios baianos de Salvador, Castro Alves, Guanambi e Juazeiro. Na casa de um dos investigados em Salvador, foi encontrada uma grande quantidade de dinheiro. Segundo os agentes, pouco mais de R$ 275 mil e US$ 1.400 estavam com o suspeito, que não teve a identidade revelada. A sede da Secretaria Estadual de Saúde (Sesab) também foi alvo de mandados de busca e apreensão. 

Segundo a investigação, a organização criminosa investigada, mediante fraudes em licitações públicas, passou a dominar a gestão de inúmeras unidades da rede estadual de saúde sob gestão indireta, por intermédio de diferentes Organizações Sociais de Saúde – OSS, que, todavia, são controladas por um mesmo grupo empresarial, quase sempre registradas em nome de “laranjas”.

Essas instituições gestoras das unidades de saúde (OSS), então, passaram a contratar empresas de fachada ligadas ao mesmo grupo, de forma direcionada e com superfaturamento, por meio das quais os recursos públicos destinados à administração hospitalar eram escoados, sem que muitos dos serviços fossem efetivamente prestados ou os produtos fossem fornecidos. Boa parte dessas empresas são de consultoria, assessoria contábil e empresarial, comunicação social, além de escritórios de advocacia.

Durante as investigações, que tiveram início em junho do corrente ano, foram acompanhadas diversas situações no Hospital Regional de Juazeiro, como a falta de medicamentos, de insumos e equipamentos, atraso no pagamento de salários, dentre outras, gerando uma situação de transtorno aos pacientes que recorriam àquele nosocômio, não obstante tenha passado a receber quase um milhão de reais a mais em razão da pandemia da Covid-19.

Governo se diz ‘maior interessado no esclarecimento dos fatos’

Em nota, a Procuradoria Geral do Estado da Bahia (PGE) informou que acompanha, por um dos seus Procuradores de Estado, o cumprimento do mandado de busca e apreensão na sede da Sesab. Os documentos são relacionados ao Hospital Regional de Juazeiro e às instituições IBDAH e APMI. “A orientação é a de garantir o fiel cumprimento da decisão judicial, considerando que o Estado da Bahia é o maior interessado nos esclarecimentos dos fatos”, informou o governo, em nota. 

P U B L I C I D A D E

Cidades

Médico que seria o primeiro a tomar vacina em cidade da BA morre horas antes

Publicado

em

Médico de 95 anos escolhido para ser primeiro vacinado contra Covid-19 em cidade da BA morre horas antes de ser imunizado

Correio 24h – O médico Divaldo Brandão, de 94 anos, servidor do município de Mutuípe, morreu nesta quarta-feira. Divaldo, que era funcionário do Hospital Clélia Chaves Rebouças, seria a primeira pessoa vacinada na cidade. Idoso e profissional da saúde, ele integrava o grupo prioritário e seria o primeiro vacinado como forma de homenagem a seus serviços prestados na cidade. No entanto, morreu antes de receber a vacina.

Em nota, a prefeitura de Mutuípe lamentou a morte do servidor. “É com pesar que a prefeitura Municipal de Mutuípe, comunica o falecimento do servidor Divaldo Brandão (20/01/21). A passagem de Dr. Divaldo, um verdadeiro líder, um exemplo ativo na construção de Mutuípe, um homem que se dedicou por muitos anos a salvar vidas, deixa um legado de alegrias com seu sorriso sempre contagiante. Um profissional de excelência”, diz trecho da nota que termina desejando sentimos aos familiares e amigos.

A causa da morte do médico não foi divulgada. Apesar do luto, a vacinação em Mutuípe ocorreu normalmente. O perfil da prefeitura nas redes sociais divulgou imagens dos primeiros vacinados.

Continuar Lendo

BAHIA

Governo da Bahia abre mais 10 leitos de UTI Covid em Juazeiro

Na semana passada, Estado anunciou novas medidas para o enfrentamento da segunda onda do coronavírus, com reabertura de 170 leitos de UTI

Publicado

em

Metro1 – O governador Rui Costa anunciou hoje (17) nas redes sociais que mais 10 leitos para tratamento de pacientes com Covid-19  foram abertos na unidade de terapia intensiva (UTI) do Hospital Regional de Juazeiro. A unidade de saúde já tinha outros 10 disponíveis.

Na semana passada, o governo da Bahia anunciou novas medidas do Estado para o enfrentamento da segunda onda do coronavírus, com reabertura de 170 leitos de UTI – sendo 130 em Salvador. Deste total, contando os leitos de hoje, o Governo reabriu 116 leitos de UTI nas últimas semanas.

“Ampliamos a capacidade de atendimento no norte do estado e estamos prontos para continuar avançando neste sentido, se for preciso. Peço que todos permaneçam vigilantes, usando máscara e evitando aglomerações! Estamos num momento crucial desta batalha. Todos contra o coronavírus!”, escreveu Rui em publicação. 

De acordo com dados da Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab), atualizados na tarde de hoje, a região norte do estado, que tem hospitais para tratamento da Covid-19 em Juazeiro, Paulo Afonso e Senhor do Bonfim, registra 57% de taxa de ocupação nos leitos da UTI adulto. 

Continuar Lendo

Cidades

Suspeito de aplicar golpe de quase R$ 1 milhão no sul da Bahia é detido

Segundo a polícia, homem era temido na cidade e contratava ciganos para ameaçar vítimas e cobrar supostas dívidas

Publicado

em

Bahia.ba – Um homem suspeito aplicar um golpe de R$ 800 mil no município de Itanhém, no Extremo Sul da Bahia, foi detido nesta terça-feira (15). A operação de cumprimento de mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão ocorreu na Fazenda Planície, situada na entrada da cidade.

Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), a vítima, que havia herdado um patrimônio avaliado em mais de R$ 40 milhões, registrou um boletim contra o o homem.

Conforme as investigações, o suspeito teria enganado o herdeiro para que ele assinasse a transferência da propriedade e teria falsificado documentos para mudar as terras para o nome dele e de parentes. De acordo com a delegada responsável pelo caso, Valéria Fonseca Chaves, na época da fraude apenas 23% da propriedade herdada ainda estava em nome da vítima.

Em depoimento, o suspeito afirmou que comprou uma parte da propriedade avaliada em mais R$ 800 mil, mas não conseguiu provar o pagamento da transação.

Na propriedade, a polícia apreendeu armas, cheques e promissórias nos valores de quase R$ 600 mil em nome de terceiros. O homem já tinha outras passagens na polícia por estelionato e roubo de gado. De acordo com Chaves, o suspeito era temido na cidade e contratava ciganos para ameaçar as vítimas e cobrar supostas dívidas.

O homem foi preso por porte ilegal de arma de fogo e deve responder por estelionato e extorsão.

Participaram da operação policiais da 8ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/ Teixeira de Freitas) e da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Mata Atlântica.

Continuar Lendo

AS MAIS LIDAS DA SEMANA