Tecnologia

Bancos investem em tecnologia para atrair e reter clientes

As instituições devem investir R$ 47,4 bilhões em tecnologia em 2024, mostra balanço; Frédéric Martineau, CTO da act digital, comenta as principais...

04/07/2024 17h57
Por: Redação
Fonte: Agência Dino
AdobeStock
AdobeStock

Os bancos brasileiros devem investir R$ 47,4 bilhões em tecnologia este ano. É o que aponta a 1ª etapa da “Pesquisa Febraban de Tecnologia Bancária 2024”, realizada pela Deloitte, que considera o montante de despesas e investimentos com base nos valores indicados pelas instituições participantes.

O estudo também mostra que os investimentos anuais dos bancos em tecnologia dobraram entre 2015 e 2023, saltando de R$ 19,1 bilhões para R$ 39 bilhões - um crescimento de 104%.

“O resultado da pesquisa da Febraban sobre o percentual de adoção de algumas tecnologias não nos surpreende: 100% dos entrevistados citaram cloud, 100% cibersegurança e 96% falam em IA (Inteligência Artificial)”, destaca Frédéric Martineau, CTO da act digital, consultoria brasileira de transformação digital que nasceu em 2011.

Martineau explica que o consumidor está mais exigente e que oferecer produtos e serviços embasados nesses pilares deixou de ser um diferencial e passou a ser algo obrigatório para se manter competitivo em um mercado com cada vez mais players. “Além disso, a ampla adoção da IA Generativa (54%) e o interesse crescente pela computação quântica (11%) refletem um movimento forte em direção à inovação”.

Para o executivo, a adesão ao Open Finance, com 73% dos bancos já envolvidos, também merece destaque pela tendência de personalização e melhoria da experiência do cliente. “Esses elementos, combinados com investimentos projetados de R$ 47,4 bilhões para 2024, demonstram um setor focado na modernização contínua e na busca por competitividade”, diz.

Bancos devem se manter atualizados, diz CTO

Na visão de Martineau, as transformações dos bancos nas estratégias de atração e retenção de clientes decorrentes da inovação tecnológica são notáveis. “Os consumidores exigem experiências mais personalizadas e seguras, e os bancos que não atendem a essas expectativas ficam para trás”, pontua.

Para o CTO da act digital, a indústria bancária brasileira é protagonista no que há de mais inovador em tecnologia. “A act digital, como parceira de tecnologia de algumas das empresas mais inovadoras do mercado, desenvolve soluções específicas para essa indústria”, afirma.

“Por exemplo, nossa solução e oferta para hiperpersonalização de produtos e serviços, alimentada por IA e ML (Machine Learning), coleta e analisa dados financeiros do cliente de maneira preditiva, entregando recomendações personalizadas por meio de diversos canais, como aplicativos, internet banking e atendimento presencial”, cita.

Além disso, segundo Martineau, a ferramenta combina os dados do Open Finance com IA para criar ofertas e sugerir os melhores produtos de forma individualizada e personalizada. “Essas estratégias, centradas na inovação tecnológica, são cruciais para atrair e reter clientes, garantindo que os bancos ofereçam experiências únicas e personalizadas que atendam às expectativas crescentes dos consumidores”, explica.

A act digital desenvolve soluções com o propósito de acelerar e escalar a experiência digital dos mais de 100 clientes no mundo, com mais de 4.700 colaboradores de todo o globo, com escritórios no Brasil, Estados Unidos, França, Portugal, Alemanha, Polônia, Espanha, Bélgica, Luxemburgo, Marrocos, Sérvia, Canadá e México. 

Website: actdigital.com 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Simões Filho, BA
Atualizado às 15h05
27°
Parcialmente nublado Máxima: 26° - Mínima: 21°
28°

Sensação

6.17 km/h

Vento

61%

Umidade

Municípios
Últimas notícias
Mais lidas