Conecte conosco

Cidades

No dia que marca volta às aulas em Salvador, escola registra alagamento

Publicado

em

Do Política ao vivo – Apesar do discurso da Prefeitura de Salvador e do Secretário Municipal de Educação, Marcelo Oliveira, de que as escolas estariam todas preparadas para o retorno das aulas, nesta segunda-feira (03), um acontecimento, registrado em vídeo divulgado nas redes sociais, contraria a narrativa.

A Escola Municipal Geraldo Tavares, localizada no bairro de Roma estava completamente alagada, como mostra o registro do portal Hora da Bahia. Para seguir com as aulas híbridas, a Prefeitura elaborou um protocolo de proteção contra a Covid-19,

O retorno das aulas, que acontece nesta segunda-feira (03), tem sido alvo de protesto dos professores, que alegam riscos. Mais cedo, o líder a APLB confirmou que a maioria da categoria aderiu ao movimento de paralisação e disse que a ameaça de punição aos professores, feita pelo secretário Marcelo Oliveira, é coisa de “ditadorzinho”.

Cidades

Praias de Salvador continuam fechadas por mais sete dias, anuncia Bruno Reis

Publicado

em

Do Bahia Notícias – Ainda não será na próxima semana que as praias de Salvador terão acesso liberado ao público. O prefeito Bruno Reis anunciou, em coletiva de imprensa nesta sexta-feira (16), que as medidas restritivas atualmente vigentes serão prorrogadas por mais sete dias.

Isso significa que a cidade permanece na fase vermelha (restrição). Nesta etapa, além das praias, não podem funcionar: centros culturais; museus e galerias de arte; clubes sociais, recreativos e esportivos; cinemas; teatros; espaços de eventos sociais (casamentos, aniversários, bodas, formaturas, etc.); espaços de eventos infantis; parques de diversão e parques temáticos; centros e espaços de convenção; parques públicos municipais; e quadras e campos esportivos.

De acordo com o plano de reabertura da cidade, esses espaços poderão funcionar na fase amarela (proteção), quando a taxa de ocupação de leitos exclusivos de UTI Covid-19 adulto chegar a 70%. Nesta sexta, esse índice está em 80%.

Continuar Lendo

Cidades

Ex-prefeito Jailson Costa, deixou Santa Bárbara com mais de R$ 5 MILHÕES de DÍVIDAS

Publicado

em

Cidade de Santa Barbara

Como se já não bastasse o desafio de administrar a prefeitura durante a maior pandemia de todos os tempos, o novo prefeito de Santa Bárbara (BA), Edifrancio Oliveira, enfrentará outras dificuldades: dívidas herdadas da gestão passada que somam mais de R$ 5 milhões. O desfalque nos cofres públicos do município foi apresentado em relatório detalhado produzido pela nova gestão que assumiu em 1º de janeiro de 2021.

Segundo o prefeito Edifrancio Oliveira, em janeiro de 2021, quando assumiu a administração da cidade, foram encontrados diversos registros de irregularidades. Entre as pendências deixadas pelo governo anterior estavam descumprimentos nas obrigações de transparência, adimplemento na prestação de contas de convênios e obrigações de adimplência financeira. “Sei que não será fácil, estamos passando por momentos críticos por conta da pandemia, porém, regularizar essa situação é uma das prioridades estabelecidas por nossa gestão. Vamos limpar o nome da cidade junto ao CAUC e desta forma conquistar novas melhorias para a cidade”, afirmou o prefeito.

Conforme o documento, a Prefeitura de Santa Bárbara está inadimplente no Sistema Auxiliar de Informações para Transferências Voluntárias (Cauc), devendo R$ 4.105.613,12 (MAIS DE 4 MILHÕES DE REAIS) ao INSS acumulados durante a gestão do ex-prefeito Jailson, que estão sendo descontados dos repasses mensais do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). De acordo com o departamento jurídico da prefeitura, a arrecadação do município está sendo afetada de forma drástica, visto que além desta dívida existem outras com telefonia, Embasa, Coelba e do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PASEP), que somadas ultrapassam R$ 5 milhões de reais.

Com o nome negativado no Cauc, o município fica impedido de receber transferência voluntária e contratar operações de crédito, através de convênios com o Governo Federal para execução de obras ou projetos.

Fonte: ASCOM Prefeitura de Santa Bárbara

Continuar Lendo

Cidades

Milagres-BA: Prefeito Cézar de Adério anuncia entrega 45 Toneladas de alimentos e peixes na Semana Santa

Os alimentos forão comprados com recursos próprios do município

Publicado

em

Entrega do peixe em milagres

O prefeito de Milagres, há 253 km da capital Salvador, Cézar de Adério(PP), anunciou no inicio da tarde de hoje(29/03) através de sua rede social, que a prefeitura vai realizar a distribuição de 45 toneladas de alimentos em cestas básicas e peixe na semana santa para toda a população milagrense.

Com o intuito de amenizar os impactos da crise que estamos enfrentando do Coronavírus e garantir que as famílias do município possam ter uma sexta-feira Santa mais digna.

Cézar afirmou que serão distribuídos 45 toneladas de alimentos, sendo 33 toneladas de itens da cesta básica e 12 toneladas de peixe, que irá atender a todo povo, da zona rural, dos distritos e da sede do município.

A ação é realizada com recursos próprios do município e será entregue de terça até quinta-feira(01/04).

“Este compromisso fez parte do meu plano de governo da minha primeira gestão, o qual venho desenvolvendo desde então de forma muito responsável e comprometida” salientou Cézar.

A prefeitura irá atender todas as normas da secretaria de saúde e reforça o pedido do uso de máscaras, se possível não levar crianças nem idosos devido às restrições de segurança do Coronavírus.

Continuar Lendo

AS MAIS LIDAS DA SEMANA