Conecte conosco

Cidades

Município baiano registra paciente com suspeita de Coronavírus; Sesab nega

Publicado

em

BNews – Um idoso com suposta infecção pelo vírus “2019-nCov” foi atendido no município de Jacaraci (1.242 km² de Salvador) e mantido em isolamento no Hospital Municipal Nossa Senhora da Conceição. A suspeita é que ele esteja infectado por Coronavírus, segundo a nota divulgada na página do município, a vítima é “japonês, não esteve na China, mas teve contato com chineses durante o voo que o trouxe para o Brasil”. 

O homem chegou do Japão no sábado (25) com quadro de sintomas da Síndrome Respiratória Aguda. No comunicado, a prefeitura afirmou que essa foi a razão para emitir uma notificação epidemiológica. “Todas as providências recomendadas pelo Ministério da Saúde e Secretaria de Saúde do Estado da Bahia, bem como da OMS – Organização Mundial de Saúde, foram tomadas de forma imediata pela equipe de saúde do município”. 

De acordo com o prefeito em entrevista ao BNews, o paciente foi transferido para Salvador, às 02h, desta quarta-feira (29), para o Hospital Couto Maia, no bairro de Cajazeiras. Informações obtidas pela reportagem, o homem será submetido a exames para definição do diagnóstico, inclusive, caso dê negativa à gripe, a ocorrência será enquadrada como suspeita de Coronavírus, até o momento não pode ser considerado suspeita do agravo, conforme se posicionou a Secretaria Estadual da Saúde (Sesab). 

O órgão ressaltou que está sendo investigado, mas que até o momento, não se enquadra nos critérios do Ministério da Saúde e do Protocolo Internacional da Organização Mundial da Saúde (OMS), ele está sendo enquadrado suspeito um caso de Síndrome Aguda Respiratória Grave, conforme os parâmetros de uma ocorrência recente do Paraná, que na verdade, se tratou de Influenza B. 

Uma reunião da alta cúpula do órgão com o secretário estadual da Saúde, Fábio Villas Boas vai ocorrer na manhã desta quarta-feira (29) para atualizar o cenário epidemiológico da Bahia.  

Cidades

Polícia Civil alerta para serviços que podem ser feitos de casa

Delegacia Digital pode registrar casos de perda, extravio e furto de documentos e objetos

Publicado

em

Bahia.ba – Àqueles que, em meio à pandemia de coronavírus, tiverem necessidade de buscar atendimento da Polícia Civil, a pasta alerta que alguns serviços podem ser realizados na Delegacia Digital. Com isso, o cidadão evitar se expor à contaminação da Covid-19, reforça a polícia.

A ferramenta é ativa há mais de 10 anos na Bahia e pode ser utilizada, segundo a coordenadora, delegada Célia Miranda, para o registro de ocorrências de modo eficaz. Boletins de casos de perda, extravio, furto de documentos e objetos, podem ser denunciados por meio da ferramenta.

“Se trata de uma forma prática e segura de registrar ocorrências, adequada, totalmente, aos cuidados que todos devem ter com relação ao distanciamento social necessário neste momento”, comenta Célia.

Orientações
“É importante, antes de fazer o registro, observar os critérios expostos no ambiente virtual. Cada ocorrência é analisada antes da oficialização. A emissão da Certidão de Registro de Ocorrência via Internet e a validação dos dados com o cidadão poderão ser realizadas por e-mail ou por telefone, mas a resposta à aceitação do registro só será efetivada por e-mail. Portanto, é obrigatório fornecer um endereço eletrônico válido para contato”, explica a delegada.

Após o registro, a Delegacia Digital fornece, via internet, a certidão. O cidadão pode acompanhar o andamento do registro de sua ocorrência pelos e-mails enviados pela Polícia Judiciária, ou através do site. Dúvidas podem ser esclarecidas através do e-mail delegaciadigital@ssp.ba.gov.br.

Continuar Lendo

BAHIA

Após discurso de Bolsonaro, Rui diz que não vai ‘baixar a guarda’ e pede união contra o coronavírus

“É momento da Bahia unida independente das suas preferências políticas, das suas crenças, dos credos”, escreveu o governador

Publicado

em

Metro1 – O governador da Bahia, Rui Costa, se posicionou, hoje (25) pela manhã, após o presidente Jair Bolsonaro desestimular medidas gerais de restrição contra o coronavírus, em pronunciamento na noite de ontem (24).

Por meio das redes sociais, Rui reafirmou o compromisso de “não baixar a guarda” no combate à disseminação do vírus e pediu união para superar a “grave crise” causada pela pandemia. “É momento da Bahia unida independente das suas preferências políticas, das suas crenças, dos credos”, escreveu.

Rui ainda se disse solidário aos estados do Nordeste e a todo o Brasil. “É uma guerra. Que Deus nos dê equilíbrio e força”, afirmou.

Continuar Lendo

Cidades

Conselho pede inclusão de atividades veterinárias na lista de serviços essenciais

Segundo CRMV, estabelecimentos vinculados à atividade precisam ser mantidos em funcionamento, para não colocar animais em risco

Publicado

em

Bahia.ba – O Conselho Regional de Medicina Veterinária defende a inclusão dos seus serviços entre as atividades essenciais para combater a epidemia do novo coronavírus. Um ofício foi encaminhado ao governo do estado e às prefeituras.

No documento, o CRMV-BA faz referência ao Decreto Presidencial nº 10.282, que considera essencial atividades como vigilância e certificações sanitárias e fitossanitárias; prevenção, controle e erradicação de pragas dos vegetais e doença dos animais; vigilância agropecuária internacional e cuidados com animais em cativeiro. O conselho reforça também que estabelecimentos comerciais vinculados à atividade médica veterinária precisam ser mantidos em funcionamento, sob pena de colocar em risco a vida, saúde e segurança dos animais.

“Recomendamos a manutenção desses estabelecimentos abertos para que possam atender às necessidades dessa população, garantindo o preceito do artigo 225 da Constituição Federal, que reserva a necessidade de todos, inclusive dos agentes públicos, nos cuidados com a saúde pública, animal e ambiental, caracterizado pela saúde única”, diz Altair Santana de Oliveira, presidente do conselho.

Continuar Lendo

AS MAIS LIDAS DA SEMANA