Conecte conosco

Polícia

Mulher jogar água fervente na própria mãe no interior da Bahia

Publicado

em

Uma mulher de 27 anos idade foi presa em flagrante, depois de jogar água fervente na propria mãe, de 49, nesta quinta-feira (10). A agressora foi presa por policiais da Delegacia Territorial (DT) de Jaguaquara, distante 336 quilômetros da capital.

O titular da Delegacia Territorial de Jaguaquara, delegado Chardison Castro de Oliveira, explicou que a filha arremessou a panela com água durante uma discussão. “A vítima teve queimaduras de 1°, 2° grau e permanece internada”, informou o delegado, que enviou uma equipe à unidade hospitalar para coletar depoimentos de testemunhas.

A autora da agressão foi localizada horas depois do crime, no distrito de Piabanha, na zona rural de Jaguaquara. Ela foi submetida ao exame de lesões corporais e está custodiada na DT/Jaguaquara, à disposição da Vara Criminal.

Com informações do Diário da RMS.

P U B L I C I D A D E

Polícia

Mãe é presa após autorizar estupro da filha

Publicado

em

Uma mulher foi presa, nesta quinta-feira (29), acusada de ter autorizado o estupro da filha pelo padrasto, em 2013, na cidade de Ribeira do Pombal.

Segundo o coordenador da 25ª Coorpin, delegado Paulo Jason Mello, a menina engravidou aos 12 anos e atualmente está sob custódia de familiares junto com o filho. A mãe passou por exames de lesões no Departamento de Polícia Técnica, em seguindo foi levada para o sistema prisional. O homem acusado da violência continua foragido.

“Nossos investigadores estão realizando diligências para localizar o acusado, que está com prisão preventiva decretada pela Justiça”, disse o delegado.

Com informações do Política ao vivo.

Continuar Lendo

Polícia

Polícia prende suspeito de ser o mandante do assassinato de Marielle Franco

Publicado

em

Polícia prende na Paraíba miliciano suspeito de ser o mandante do assassinato de Marielle Franco

A Polícia Civil da Paraíba prendeu nesta quarta-feira (28) um chefe de milícia acusado de mandar matar a vereadora do Rio de Janeiro Marielle Franco (PSOL), assassinada em março de 2018.

Apesar do nome do miliciano não ter sido revelado pelas autoridades, o Congresso em Foco afirma se tratar de Almir Rogério Gomes da Silva, chefe da milícia da Gardênia Azul e do Morro do Tirol.

A prisão foi realizada por policiais da Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (Draco), no município de Queimadas, a cerca de 140 km de João Pessoa, capital paraibana. A operação foi um pedido do Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ), responsável por investigar a morte de Marielle.

Almir Rogério Gomes da Silva estaria na companhia de outro homem, que também foi preso. A operação atendeu a um pedido do Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ), que investiga o caso.

A polícia teria chegado ao nome de Almir por meio de delação de Julia Lotufo, viúva de Adriano da Nóbrega, morto pela polícia no interior da Bahia no início de 2020.

Segundo o delegado Diego Beltrão, Almir é “um criminoso muito perigoso, com indícios fortes de que estava traficando drogas e planejando ataques a instituições financeiras no nosso estado”.

Do Brasil 247

Continuar Lendo

Polícia

Ativista Paulo Galo e a mulher são presos no caso do incêndio ao Borba Gato

Publicado

em

Paulo (Galo) Lima se apresentou nesta quarta-feira, dia 28, por volta das 13h, no 11º Distrito Policial de Santo Amaro, em São Paulo, onde é investigado o incêndio contra a estátua de Borba Gato, ocorrido no último sábado, dia 24.

A decisão que decretou a temporária saiu momentos após ele ter se apresentado. O mandado de busca e apreensão para a residência de Paulo havia sido expedido para o local errado e Paulo apresentou seu endereço correto, autorizando e possibilitando a entrada em sua residência para possíveis buscas.

Além dele, Danilo Oliveira (Biu), compareceu de forma espontânea para auxiliar nas investigações e assumir sua participação no ato.

“Para aqueles que dizem que a gente precisa ir por meios democráticos, o objetivo do ato foi abrir o debate. Agora, as pessoas decidem se elas querem uma estátua de 13 metros de altura de um genocida e abusador de mulheres”, comentou Paulo na ocasião.

A esposa de Galo, Gessica, também esteve presente para colaborar com as investigações e foi surpreendida com a expedição de mandado de prisão temporária em seu desfavor.

Gessica sequer estava presente no ato político do dia 24/07 e tem uma filha de 3 anos de idade com Paulo, também detido nesta data.

A equipe jurídica do escritório Jacob e Lozano acompanha o andamento do processo e pode dar um novo depoimento em breve.

Com informações do DCM.

Continuar Lendo

BAHIA

Avô é preso acusado de estuprar a neta no interior

Homem teve o mandado cumprido na DT de Nazaré.

Publicado

em

Um homem, suspeito de estuprar a neta de seis anos, teve o mandado de prisão cumprido, na Delegacia Territorial (DT) de Nazaré, nesta quinta-feira (22). Ele deve responder por estupro de vulnerável e poderá ser condenado a uma pena de até 15 anos de reclusão.

O abusador, de 43 anos, vinha sendo investigado pelas equipes da unidade, após denúncia. As apurações também indicaram que o criminoso já havia estuprado a filha, quando ela era adolescente. No caso da neta, ele fazia constantes ameaças para que menina não revelasse os abusos.

De acordo com o delegado Adilson Freitas, responsável pela investigação do caso, é importante que todos estejam atentos aos sinais apresentados pelas crianças, como mudança de comportamento diante de uma determinada pessoa. “Aqueles que convivem com a criança precisam perceber as atitudes delas e dialogar, para identificar as situações de abuso”, comentou o delegado.

Com informações do Diário da RMS.

Continuar Lendo

Polícia

DJ Ivis é preso em Fortaleza por agressões à ex-esposa

A digital influencer Pamella Holanda postou vídeos que mostram ela sendo agredida com chutes, socos e puxões de cabelo

Publicado

em

Iverson de Souza Araújo, conhecido como DJ Ivis, foi preso, nesta quarta-feira (14), em Fortaleza (CE), depois do vazamento, nas redes sociais, de vídeos de agressões contra a ex-esposa, Pamella Holanda. O governador do Ceará, Camilo Santana (PT), confirmou a prisão pelo Twitter.

“Acabo de ser informado pelo nosso secretário de Segurança da prisão do DJ Ivis, no caso das agressões a Pamella Holanda. A prisão preventiva havia sido solicitada ontem pela nossa Polícia Civil e decretada há pouco pela Justiça. Que responda pelo crime cometido”, postou Santana.

Vídeos gravados por câmera de segurança interna mostram o DJ agredindo Pamella na frente da filha e de outras duas pessoas: a mãe dela e um funcionário do produtor musical.

A digital influencer Pamella Holanda vai ser submetida a outro exame de corpo de delito, com o objetivo de definir a gravidade das lesões sofridas. A informação é de Tarso Facó, delegado adjunto do distrito que investiga o caso.

Chutes, socos e puxões de cabelo

Pamella postou vídeos que mostram ela sendo agredida com chutes, socos e puxões de cabelo. A digital influencer registrou boletim de ocorrência (BO), no dia 3 de julho, na delegacia da cidade de Eusébio, na Grande Fortaleza.

Até esta quarta (14), pelo menos dez pessoas já foram ouvidas pela polícia, que investiga o caso de lesão corporal no contexto de violência doméstica. A ocorrência é acompanhada pelo Departamento de Proteção aos Grupos Vulneráveis (DPGV) da Polícia Civil.

Com informações da Revista Fórum.

Continuar Lendo

Polícia

URGENTE: Lázaro morre após ser preso em Goiás

Publicado

em

Segundo Segurança Pública, ele foi baleado ao ser detido em Águas Lindas de Goiás. Aos 32 anos, ele tinha extensa ficha criminal, fugiu três vezes da prisão e era acusado de diversos crimes.

Lázaro Barbosa, suspeito de matar uma família em Ceilândia, no DF, foi morto, nesta segunda-feira (28), após ser preso em Águas Lindas de Goiás, no Entorno do DF. O criminoso estava há 20 dias fugindo de uma força-tarefa com mais de 270 agentes. Aos 32 anos, ele tinha uma extensa ficha criminal, fugiu três vezes da prisão e era acusado de diversos crimes.

Desde o dia 9 de junho, quando um casal e dois filhos foram assassinados no DF, o suspeito era procurado. Dois dias após este crime, segundo a polícia, Lázaro roubou um carro e fugiu para Cocalzinho de Goiás. Desde então, empreendeu uma fuga cinematográfica pelas matas da região.

Com informações do G1.

Continuar Lendo

AS MAIS LIDAS DA SEMANA