Conecte conosco

MUNDO

Militares que irão buscar brasileiros na China também ficarão em quarentena

Aeronaves devem decolar nesta quarta e retornar ao Brasil no sábado

Publicado

em

Metro1 – O presidente Jair Bolsonaro afirmou hoje (5) que os militares que participarão da missão de evacuação dos brasileiros em Wuhan, epicentro do surto de coronavírus na China, também ficarão de quarentena na base militar em Anápolis (GO). A declaração foi dada na saída do Palácio da Alvorada.

“O pessoal chegando, inclusive nosso pessoal da Força Aérea, mais de uma dezena de militares. Quando voltar também vão passar o carnaval em quarentena. Então, é responsabilidade acima de tudo trazendo esse pessoal de lá para cá”, disse Bolsonaro.

As duas aeronaves que buscarão os cidadãos brasileiros em Wuhan devem decolar hoje. O retorno está previsto para o sábado (8).

MUNDO

Coronavírus: grupo em quarentena em Anápolis passa por novo exame para detectar contaminação

Resultado dos testes deve ser divulgado em três dias, segundo a secretaria de Saúde de Goiás

Publicado

em

Metro1 – O grupo que está em quarentena há sete dias em Anápolis (GO) forneceu na manhã de hoje (17) novas amostras para o exame que detecta o coronavírus. Uma equipe da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO) chegou por volta das 8h20 à Base Aérea, onde os repatriados estão em quarentena. O resultado dos testes deve sair em três dias.

Os 34 repatriados e 24 profissionais que participaram da operação em Wuhan, epicentro do surto do vírus, ainda têm dez dias de isolamento previstos.

O primeiro exame foi feito com amostras colhidas no dia 9, quando eles chegaram à cidade goiana. O resultado, divulgado dois dias depois, apontou que nenhum deles apresentava indícios de contaminação. No entanto, como o período de incubação da doença é de 14 dias, as forças que integram a Operação Regresso decidiram, por cautela, mantê-los isolados por 18 dias.

Continuar Lendo

MUNDO

Número de mortes pelo novo coronavírus chega a 1,6 mil na China

Somente neste sábado foram registradas 2.009 novas infecções pelo vírus e 142 falecimentos

Publicado

em

Metro1 – O número de mortes provocadas pelo novo coronavírus na China aumentaram em 142 pessoas. Ontem (15), a Comissão Nacional do país atualizou para 1,6 mil a quantidade falecimentos pela doença. 

Somente ontem, foram registradas 2.009 novas infecções pelo vírus, o que resulta em um total de 69.260 mil casos confirmados. A maior ocorrência de mortes acontece na província de Hubei, epicentro da crise, onde houve 139 mortes. Entre elas, 100 ocorreram na cidade de Wuhan. 

No Brasil, 4 casos suspeitos estão em investigação. Já os 31 brasileiros que estavam na China e voltaram para o Brasil no último domingo (9), não apresentaram nenhum sintoma da doença, mas permanecem em quarentena.

Continuar Lendo

MUNDO

Coronavírus: testes de brasileiros trazidos da China dão negativo

Segundo o Ministério da Saúde, os 24 profissionais envolvidos no transporte também não têm registro da doença

Publicado

em

Metro1 – Os testes feitos pelo Laboratório Central do Estado de Goiás (Lacen) nos 34 brasileiros repatriados vindos da China deram negativo para o coronavírus. A informação foi divulgada ontem (11) pelo Ministério da Saúde. Além deles, os 24 profissionais envolvidos no transporte também não têm registro da doença.

“Os 34 repatriados e os 24 profissionais, divididos entre tripulação, Ministério da Saúde e comunicação, foram submetidos a exames, mesmo sem sintomas e sem infecção. A ação faz parte do protocolo definido entre os ministérios da Saúde e Defesa”, diz o comunicado.

Ainda segundo o ministério, não há registros confirmados do vírus no país. Oito casos suspeitos são monitorados em Minas Gerais (1), Rio de Janeiro (2), São Paulo (3), Paraná (1) e Rio Grande do Sul (1).

Continuar Lendo

AS MAIS LIDAS DA SEMANA