Conecte conosco

TV & Famosos

VÍDEO: LUMENA REVELA CRISE DE PÂNICO, ANSIEDADE E PERDA DE MEMÓRIA APÓS SAÍDA DO BBB

Em vídeo no YouTube, a ex-BBB relata o impacto do cancelamento causado por sua participação no reality show

Publicado

em

Lumena Aleluia ex-BBB

A ex-BBB Lumena Aleluia, em vídeo publicado no YouTube nesta terça-feira (3), contou como o “cancelamento” que sofreu após participar da mais recente edição do reality show da TV Globo afetou sua saúde, causando-lhe crises de pânico, ansiedade e perda de memória. 

Durante o confinamento no programa, relatou Lumena, sua família, namorada, e até o terreiro que frequentava passaram a receber ameaças. “Quando eu saí do programa, como eu não entendia bem o que estava acontecendo, eu tive alguns processos de adoecimento muito fortes. Dentre eles, pânico, fobias, crises de ansiedade, perda de memória, o que me convocou a buscar ajuda profissional num processo de autocuidado. Foi o que me deu coragem para assumir uma relação de ressignificar essa experiência de cancelamento”.

Entre os ataques que recebeu, havia conteúdos racistas, xenofóbicos e de intolerância religiosa.

A ex-BBB, no entanto, disse que as mensagens de ódio na internet faziam parte de uma camada “superficial” da realidade. Nas ruas, segundo ela, o que havia era carinho da população. “Quando eu saí na rua, eu recebi foi abraço. Recebi acolhimento, beijo. Obviamente de pessoas que entenderam minhas cicatrizes, feridas e adoecimentos que o jogo proporciona”.

CULTURA

Morre em Salvador o fundador do projeto Axé, Cesare La Rocca

Publicado

em

Morreu na tarde desta quarta-feira (15), em Salvador, o italiano Cesare de Florio La Rocca, fundador do projeto Axé, que atende crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social através da arte-educação na Bahia.

A informação foi confirmada em nota emitida pela Organização Não-Governamental (ONG), no início da noite desta quarta. Ele estava internado no Hospital Santo Antonio, das Obras Sociais Irmã Dulce. A causa da morte não foi revelada e também não foram dadas informações sobre o sepultamento de Cesare, que tinha 83 anos e morava na capital baiana há mais de três décadas.

Cesare chegou em Salvador no ano de 1990 e montou a sede do projeto Axé no Pelourinho, no Centro Histórico de Salvador. Através da ONG criada por ele, mais de 30 mil crianças e jovens carentes da Bahia tiveram acesso a ações educativas e culturais, como aulas de capoeira, dança, música e moda.

O projeto Axé é reconhecido internacionalmente. Em 2018, o cantor Roger Waters, ex-Pink Floyd, convidou alunos da ong para subirem ao palco com ele durante show na Arena Fonte Nova.

No mesmo ano, o DJ Alok conheceu a sede do projeto, destinou o cachê recebido na apresentação do carnaval de Salvador para as atividades oferecidas no espaço e também gravou vídeos com algumas das crianças beneficiadas.

A cantora baiana Ivete Sangalo também é uma das parceiras do trabalho desenvolvido por Cesare, que é apoiado pelo Criança Esperança, campanha nacional de mobilização social promovida pela Rede Globo, em parceria com a Unesco (Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura).

O italiano já foi representante do Fundo das Nações Unidas para Infância (Unicef) no Brasil e também ajudou na elaboração do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), que garante cidadania e direitos para este público.

Em 2015, Cesare recebeu, da Assembleia Legislativa da Bahia, o título de Cidadão Baiano, maior honraria da casa, concedida para pessoas que prestaram relevantes serviços no estado. No mesmo ano, o projeto foi homenageado na Câmara Municipal, em razão dos 25 anos de atividades.

O prefeito de Salvador, Bruno Reis, lamentou a morte através de um post nas redes sociais e escreveu que o amor de La Rocca pela Bahia “é representado por todas as milhares de crianças e jovens atendidas pelo Projeto Axé, ao longo de mais de três décadas”.

O governador Rui Costa também postou uma mensagem em rede social, com uma foto em que aparece ao lado de La Rocca.

O senador e ex-governador da Bahia, Jaques Wagner, também comentou a perda nas redes sociais, e disse que Cesare era “italiano de alma baiana”.

Com informações do Política Livre.

Continuar Lendo

TV & Famosos

Morre o ator Tarcísio Meira, de Covid-19, aos 85 anos

Publicado

em

Ele e a esposa, a atriz Glória Menezes, de 86, foram internados no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, diagnosticados com Covid-19.

Morreu nesta quinta-feira, 12, o ator Tarcísio Meira, aos 85 anos. Ele e a esposa, a atriz Glória Menezes, de 86, foram internados no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, diagnosticados com Covid-19. Glória apresentou sintomas leves, enquanto o ator precisou ser intubado.

Entre novelas, séries e teleteatros, Tarcísio carimbou seu nome em mais de 60 trabalhos. Entre os títulos mais marcantes estão Saramandaia (1976), Roque Santeiro (1985), Araponga (1990), Fera Ferida (1993), O Rei do Gado (1996), Hilda Furacão (1998), O Beijo do Vampiro (2002), A Favorita (2008), e Velho Chico (2016). Seu último trabalho na TV foi a novela global Orgulho e Paixão (2018), na pele de um industrial inglês.

Com informações do Brasil 247.

Continuar Lendo

TV & Famosos

Corpo de Artur Xexéo é enterrado no Rio de Janeiro

Publicado

em

Escritor, jornalista e dramaturgo morreu no domingo (27), aos 69 anos. Há duas semanas, ele havia sido diagnosticado com um linfoma. ‘Anestesiado pela realidade’, postou viúvo.

O escritor, jornalista e dramaturgo Artur Xexéo foi velado e enterrado, em uma cerimônia íntima para amigos e familiares, na tarde desta segunda-feira (28).

“Estou anestesiado pela realidade. Eu perdi meu companheiro na acepção da palavra. E minha vida, como a conheço, agora se foi. Vida que segue e se impõe de maneira impositiva. A vida é má, a gente que não se dá conta. O show tem que continuar. Obrigada a todos que estão solidários comigo. Isso não tem preço. Artur não tinha preço. A vida não tem preço”, escreveu em uma rede social o viúvo, Paulo Severo.

Ele morreu neste domingo (27) aos 69 anos. Ele estava internado na Clínica São Vicente, na Zona Sul do Rio.

Xexéo foi diagnosticado apenas duas semanas atrás com um linfoma não-Hodgkin de células T. Fez a primeira sessão de quimioterapia na quinta e passou mal à noite. Na sexta, teve uma parada cardiorrespiratória, logo revertida. Mas, em função dela, não resistiu e morreu na noite de domingo.

Artur Xexéo deixa o companheiro, Paulo Severo, com quem foi casado por 30 anos.

Com informações do G1.

Continuar Lendo

TV & Famosos

Bolsonarismo cria perfis falsos de infectologista que arrasou na CPI

Publicado

em

Bolsonarismo cria perfis falsos de infectologista que arrasou na CPI

A médica Luana Araújo, que depôs na CPI da pandemia nesta quarta-feira, dia 2, usou seu Instagram, @drluanaaraujo, para alertar internautas sobre a criação de contas falsas em seu nome. As declarações da infectologista sobre o enfrentamento à Covid-19, baseado em estudos científicos, chamaram atenção e alavancaram o interesse de usuários por acompanhar suas postagens. Enquanto no início do dia seu perfil somava quase 9 mil seguidores, agora ultrapassa 100 mil.

Nos Stories, Araújo, formada pela Universidade do Rio de Janeiro (UFRJ) e pós-graduada em epidemiologia na Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos, afirmou também ter recebido muitas mensagens e agradeceu o apoio recebido, lamentando não conseguir responder a todos.

“Pessoal, boa noite. Eu queria agradecer a vocês todas as mensagens que vocês têm mandado. Eu claramente não vou conseguir responder a todas, mas queria deixar aqui o meu abraço, o meu carinho a todo mundo. E a gente segue junto, está bem? Um beijo, boa noite”, disse a médica, que chegou a ser convidada pelo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, para ser secretária de Enfrentamento da Covid-19, mas não teve nomeação efetivada e foi dispensada em apenas dez dias.

O Globo

Continuar Lendo

TV & Famosos

Jogadora do Palmeiras diz que Paulo Gustavo “foi para o inferno”

Publicado

em

Após a péssima repercussão, inclusive de outras atletas do grupo e de pessoas ligadas a parceiros, Chú Santos se desculpou; veja vídeo.

A jogadora do time feminino do Palmeiras e da seleção brasileira, Chú Santos, irritou suas companheiras de elenco, a direção do clube e até um dos patrocinadores. A razão foi seu comentário duplamente preconceituoso, feito nas redes sociais, sobre o ator Paulo Gustavo, que morreu na semana passada, vítima da Covid-19, de acordo com informações de Danilo Lavieri, no UOL.

A declaração ocorreu em uma postagem de outra pessoa, que falava a respeito das diferenças entre o vereador evangélico Irmão Lazaro (PL) e Paulo Gustavo, homossexual e umbandista. Ambos morreram pela Covid-19.

“Morreram pelo mesmo vírus, a diferença é que Lazaro foi para o céu, e Paulo Gustavo, para o inferno”, afirmou a jogadora do Palmeiras. Depois da repercussão, ela se desculpou nas redes.

Os dirigentes palmeirenses receberam reclamações de outras atletas do grupo e de pessoas ligadas a parceiros, como a Puma. A cúpula do clube também se irritou e multou Chú.

A atitude já havia provocado reações. O Palmeiras soltou nota de repúdio, mas disse que tomaria medidas internamente. Jogadoras de vários times, inclusive suas companheiras palmeirenses, foram às redes sociais para criticar Chú.

Com informações da Revista Fórum.

Continuar Lendo

TV & Famosos

Confrontado por apresentador, Alexandre Garcia apela e ameaça: “Não sei se a gente volta”

Sentiu: Comentarista bolsonarista ficou ofendido com a pergunta feita por Rafael Colombo; veja o vídeo aqui

Publicado

em

Confrontado por Rafael Colombo, em seu comentário na CNN Brasil, nesta quinta-feira (6), se o direito à vida não viria antes do direito a romper com o isolamento social, o comentarista Bolsonarista Alexandre Garcia se manteve em silêncio por um longo tempo.

“Mas na Constituição tem o direito à vida, né Alexandre? Os prefeitos e governadores não estariam tentando garantir o direito à vida?”, perguntou Colombo.

No momento em que se manifestou, Garcia disse que não era o entrevistado.

A seguir, Colombo disse: “amanhã a gente volta”.

Garcia respondeu, em tom ameaçador: “não, não sei se a gente volta”.

Em tempo. O nome do quadro do programa é “Liberdade de Opinião”.

Veja o vídeo abaixo:

Com informações da Revista Fórum.

Continuar Lendo

AS MAIS LIDAS DA SEMANA