Conecte conosco

TV & Famosos

Ludmilla fala sobre retirada do nome de Anitta da composição de ‘Onda Diferente’

Artista se mostrou chateada com a decisão da gravadora de não permitir o lançamento da música em seu disco solo e autorizar a parceria com Anitta

Publicado

em

Bahia.ba – Bateu e balançou! A polêmica envolvendo a música ‘Onda Diferente’, parceria entre Anitta e Ludmilla continua nas redes sociais. Após o episódio do Rock in Rio, a Poderosa teve seu nome removido dos compositores da faixa que faz parte do álbum Kisses.

Nas redes sociais Ludmilla tentou explicar o motivo da retirada do nome de Anitta da lista de compositores, mas acabou não esclarecendo a confusão.

Segundo a artista, a sua gravadora, a Warner, não permitiu que ela trabalhasse com a música em seu novo CD, então ela divulgou a faixa na internet. “Vamos Esclarecer: ‘Onda diferente. Eu fiz essa música, aí mostrei pra minha gravadora e minha gravadora não quis deixar em trabalhar essa música. Mas como eu gostei tanto da musica, falei: ‘não vou deixar essa música guardada aqui’. E acabei postando a música na internet”, disse.

Lud afirma que Anitta se interessou pela música após ouvir na internet e precisou correr para sumir com a canção antes que ela tomasse grandes proporções. “Inclusive pedi até para o Rennan da Penha não tocar mais e pedir para qualquer amigo dele, DJ, que ele visse tocando, para parar porque a gente ia lançar a música em janeiro”.

No desabafo a artista deixou claro seu ressentimento com a gravadora por não autorizar o lançamento da canção. “E aí quando a Anitta pega e fala que gosta da música, a gravadora fala ‘ah, ok, vamos sim, vamos nessa’”.

De acordo com a funkeira, o nome de Anitta estava entre os compositores no Spotify por um erro da plataforma, já que o acordo era que a música ficasse 50% para Snoop Dogg.

TV & Famosos

BBB: após eliminação de Gizelly, confinados sugerem revolta contra a produção

A advogada deixou a casa em um paredão contra Babu Santana e Mari Gonzalez, com 54,79% dos votos

Publicado

em

Bahia.ba O portal do Multishow acertou na previsão, a advogada Gizelly foi a 14ª eliminada do Big Brother Brasil com 54,79% dos votos.

A capixaba disputava a permanência com o ator Babu Santana em um paredão no qual Mari Gonzalez, que também participava, foi a coadjuvante.

Após a saída de Gizelly, uma coisa chamou atenção dos brothers que ficaram no jogo, a alteração na data da final do reality show.

A emissora adiou em quatro dias a entrega do prêmio de R$ 1,5 milhão, mas ainda não comunicou aos participantes a alteração. Apenas os telespectadores foram informados da mudança.

Na casa, o atraso do relógio foi visto com desespero por Manu, Mari e Ivy, que sugeriram uma “revolta” com a produção do jogo.

“Já sei, a gente faz assim, se revolta, vamos falar que não faremos a prova do líder se não falarem o que está acontecendo. Vai ficar conhecida como a revolução do número”, diz a mineira Ivy.

A justificativa para a a revolta é uma, a saúde mental. Segundo Manu, com a reta final do jogo, eles ficam cada vez mais frágeis.

“O psicológico da gente fica muito frágil no fim do programa, então nos apegamos a pequenas coisas, como a contagem regressiva. Isso tira a única coisa que a gente sabia, nos deixa desprotegidos mentalmente”, disse.

Os participantes devem ser comunicados nesta quarta (15) sobre a mudança.

Continuar Lendo

TV & Famosos

Gusttavo Lima supera Beyoncé em live e arrecada mais de R$ 500 mil em doações

O cantor prometeu uma nova apresentação para o dia 11 de abril no Youtube

Publicado

em

Bahia.ba – O cantor Gusttavo Lima elevou o conceito das lives que estão acontecendo nas redes sociais durante este período de isolamento social por conta do novo coronavírus.

Diferente de todos os outros artistas, o sertanejo optou fazer seu show pelo Youtube e caprichou na produção do ‘Buteco em Casa’ digna de um DVD intimista, colocando simultaneamente 731 mil pessoas para sofrer ao som de seus maiores sucessos.

O número vai além da marca histórica batida por Beyoncé com a apresentação no Coachella, 458 mil espectadores.

Com 5 horas de duração, o show do ‘Embaixador’ contou com um repertório de 100 músicas, e arrecadou quase R$ 500 mil em doações, entre dinheiro, alimentos e itens de higiene como máscaras e álcool gel.

Em entrevista ao colunista Leo Dias, do site UOL, o cantor revelou que não imaginava a repercussão da live. “Só queria cantar pro meu público, nada mais. Eu juro, Leo. A gente faz live em todos os “Butecos” e a média é de 70 mil simultânea e 1 milhão ao todo. Eu achei que ficaria por aí, Nunca imaginei, no melhor dos meus sonhos, que isso aconteceria”.

Gusttavo ainda teve a ajuda de patrocinadores e que apareceram na live do sertanejo durante os comerciais. Para os fãs, o cantor prometeu uma nova apresentação no dia 11 de abril.

“Vou convocar empresários e artistas para participarem comigo. Mas vamos dar uma atenção real às doações. Além da população, vamos convocar as grandes empresas, que terão suas marcas expostas durante a live, que agora eu sei que terá um grande alcance”.

Continuar Lendo

TV & Famosos

Aos 98 anos, morre o sambista Riachão

A causa da morte do cantor e compositor não foi divulgada

Publicado

em

Bahia.ba – Um dos grandes nomes do samba no Brasil, o cantor e compositor baiano Clementino Rodrigues, mais conhecido como Riachão, teve a morte anunciada na manhã desta segunda-feira (30).

Aos 98 anos, o sambista teria passado mal durante à noite e chegou a ser socorrido por uma equipe médica em sua casa, no Garcia, mas não resistiu. As informações são do site Aratu Online. A causa da morte não foi divulgada.

Conhecido por grandes composições que marcaram o samba, como ‘Cada Macaco no seu Galho’, Riachão dizia ter mais de 500 composições, mas suas músicas ficaram registradas apenas em três álbuns.

O artista teve canções gravadas por Jackson do Pandeiro, Gilberto Gil, Caetano Veloso, Gal Costa e Cássia Eller.

Continuar Lendo

AS MAIS LIDAS DA SEMANA