TV & Famosos

Jogadora do Palmeiras diz que Paulo Gustavo “foi para o inferno”

Publicado

em

Após a péssima repercussão, inclusive de outras atletas do grupo e de pessoas ligadas a parceiros, Chú Santos se desculpou; veja vídeo.

A jogadora do time feminino do Palmeiras e da seleção brasileira, Chú Santos, irritou suas companheiras de elenco, a direção do clube e até um dos patrocinadores. A razão foi seu comentário duplamente preconceituoso, feito nas redes sociais, sobre o ator Paulo Gustavo, que morreu na semana passada, vítima da Covid-19, de acordo com informações de Danilo Lavieri, no UOL.

A declaração ocorreu em uma postagem de outra pessoa, que falava a respeito das diferenças entre o vereador evangélico Irmão Lazaro (PL) e Paulo Gustavo, homossexual e umbandista. Ambos morreram pela Covid-19.

“Morreram pelo mesmo vírus, a diferença é que Lazaro foi para o céu, e Paulo Gustavo, para o inferno”, afirmou a jogadora do Palmeiras. Depois da repercussão, ela se desculpou nas redes.

Os dirigentes palmeirenses receberam reclamações de outras atletas do grupo e de pessoas ligadas a parceiros, como a Puma. A cúpula do clube também se irritou e multou Chú.

A atitude já havia provocado reações. O Palmeiras soltou nota de repúdio, mas disse que tomaria medidas internamente. Jogadoras de vários times, inclusive suas companheiras palmeirenses, foram às redes sociais para criticar Chú.

Com informações da Revista Fórum.

AS MAIS LIDAS DA SEMANA

Copyright © 2017 Tudo é Política

Sair da versão mobile