Conecte conosco

BRASIL

IBGE devolve taxa de inscrição a candidatos à seleção para o Censo

Devolução será feita por meio do aplicativo Carteira Digital BB, do Banco do Brasil, que pode ser baixado em celulares com sistema Android ou iOS

Publicado

em

Metro1 – O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) inicia hoje (19) a devolução de R$ 2,82 milhões para os candidatos inscritos no concurso de seleção para trabalhar no próximo Censo. A pesquisa, que seria realizada neste ano, foi adiada para 2021 devido à pandemia do novo coronavírus (covid-19). Por isso, a seleção para contratar temporariamente 208.695 pessoas foi cancelada em março deste ano. A informação é da Agência Brasil.

A devolução será feita por meio do aplicativo Carteira Digital BB, do Banco do Brasil, que pode ser baixado em celulares com sistema Android ou iOS. Não é necessário ser correntista do banco para usar o aplicativo e receber o dinheiro.

A escolha pelo aplicativo foi feita para evitar que as pessoas se desloquem até uma agência bancária e se formem aglomerações. Cerca de 100,7 mil candidatos pagaram as taxas, que variam de R$ 23,61 (para candidatos a recenseador) a R$ 35,80 (para agente censitário).

O Censo é feito a cada década, com o objetivo de conhecer, por meio de pesquisas no próprio domicílio, a realidade da população brasileira.

P U B L I C I D A D E

BRASIL

Criança cai de prédio em Osasco

Publicado

em

Criança cai de prédio em Osasco

Na manhã desta quinta-feira (26), uma criança caiu de um prédio em Osasco, em um condomínio na Avenida São Paulo Paraná, no Jardim Elvira, de uma altura de aproximadamente dez metros, de acordo com o corpo de bombeiros. A reportagem é do portal G1.

A corporação ainda informou que um Helicóptero Águia, da Polícia Militar, chegou a ser acionado, mas ao chegar ao local, a vítima já tinha sido socorrida pelo SAMU, acrescenta a reportagem.

No momento, não há novas informações sobre o estado de saúde da criança.

Continuar Lendo

BRASIL

Felipe Neto explica seu antipetismo: “eu tinha 25 anos e jovem faz bosta”

Publicado

em

Felipe Neto explica seu antipetismo: “eu tinha 25 anos e jovem faz bosta”

O youtuber Felipe Neto, que promete apoiar qualquer um contra Jair Bolsonaro em 2022, reconhece que errou ao estimular o golpe contra a ex-presidente Dilma Rousseff.

O youtuber Felipe Neto, que estimulou o discurso de ódio contra a esquerda e apoiou o golpe contra a ex-presidente Dilma Rousseff, reconheceu, ao participar de uma live do jornal Valor Econômico, seus erros. “Eu tinha 25 anos e jovem faz bosta. Eu realmente achava que o PT era o pior governo que este país já teve desde 1500. Acha o PT a escória”, disse ele. Felipe afirmou que mudou muito sua visão de lá pra cá e que passou a ver as coisas mais tecnicamente – e, de fato, as estatísticas oficiais mostram que os governos Lula e Dilma foram os que mais reduziram a pobreza e as desigualdades sociais, em toda a história do Brasil.

Felipe hoje prega a união das esquerdas e uma frente ampla contra Jair Bolsonaro, sem a imposição de nomes que dividam os eleitores. Na sua visão, os jovens têm sido atraídos pela direita, porque ela tem se mostrado mais acolhedora e apresentado soluções fáceis. “Putz, é só ser liberal que resolvemos todos os problemas. Tem que acabar com a CLT, cara”, disse Felipe, de forma irônica. Desde que passou a ser crítico do bolsonarismo, ele se tornou um dos maiores alvos da extrema-direita e passou a viver sob um forte esquema de segurança pessoal.

247

Continuar Lendo

BRASIL

Após 19 dias de apagão, Bolsonaro chega ao Amapá sob protestos de moradores

Protestos se estenderam ao governador do estado, Waldez Góes e ao presidente do Congresso, senador Davi Alcolumbre

Publicado

em

Metro1 – Com quase três semanas de atraso, o presidente Jair Bolsonaro chegou ao Amapá ontem (21) e foi recebido com protestos. A informação foi divulgada pelo site G1.

O estado vive uma crise energética desde o último dia 3, quando um blecaute total afetou 13 dos 16 municípios, incluindo a capital, Macapá.

Ao desembarcar, Bolsonaro era aguardado por apoiadores, como é comum nas viagens oficiais, mas também por moradores insatisfeitos. Os protestos se estenderam ao governador do estado, Waldez Góes (PDT) e até mesmo ao presidente do Congresso, senador Davi Alcolumbre (DEM-AP).

Continuar Lendo

AS MAIS LIDAS DA SEMANA