Conecte conosco

BRASIL

Bolsonaro apresenta melhora, mas não tem previsão de alta

Boletim foi divulgado hoje pelo Hospital Vila Nova Star

Publicado

em

Metro1 – O presidente Jair Bolsonaro (PSL) apresenta melhora, mas ainda não tem previsão de alta, de acordo com boletim médico divulgado hoje (10) pelo Hospital Vila Nova Star. Ele acordou disposto, não apresenta febre 48h após a cirurgia e está sob medidas que previnem trombose venosa. Bolsonaro deve voltar a exercer a chefia do Poder Executivo ainda do hospital.

O mandatário deu entrada no hospital na noite do sábado (7) e foi submetido a uma cirurgia para tratamento de hérnia incisional na região do abdome, sendo essa a quarta cirurgia que ele foi submetido desde que foi esfaqueado ano passado, ainda durante sua campanha eleitoral.

BRASIL

55% de publicações a favor de Bolsonaro são feitas por robôs

Só restaram os perfis fakes elogiando o presidente

Publicado

em

ConversaAfiada – No dia 15 de março, apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) foram ao Twitter homenageá-lo com a expressão #BolsonaroDay.

Estudo da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e da Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (FespSP), divulgado pelo Valor Econômico nesta sexta-feira (03/04), mostra que robôs foram responsáveis por 55% das publicações favoráveis ao presidente.

 A pesquisa identificou a ação de 23,5 mil usuários não humanos a favor do presidente em um universo total de 66 mil usuários que publicaram a “hashtag” naquele dia.

Segundo o levantamento, é um exército de “bots” e ciborgues criados, cultivados e programados para fazer bombar o assunto que for conveniente para quem os comanda, no exato momento escolhido para o ataque.

A essa tropa somam-se 1,7 mil contas que publicaram sobre #BolsonaroDay e, horas depois, foram apagadas do Twitter.

O comportamento, segundo a pesquisa, é típico de bots. Antes de sumir, o grupo foi responsável por 22 mil tuítes a favor de Bolsonaro. 

No dia, o #BolsonaroDay entrou nos Trending Topics mundiais do Twitter, ou seja, foi um dos dez assuntos mais falados no globo.

Continuar Lendo

BRASIL

Ministério da Saúde descobre que Brasil já tinha caso de coronavírus em janeiro

Até então, primeiro caso confirmado da doença foi registrado na última semana de fevereiro

Publicado

em

Bahia.ba – O Ministério da Saúde divulgou nesta quinta-feira (2) que o Brasil registrou um caso do novo coronavírus em janeiro. Segundo descoberta da pasta, uma pessoa foi hospitalizada no final daquele mês em razão da doença.

Até agora, a informação que se tinha era de que o primeiro caso de Covid-19 no Brasil foi diagnosticado nos últimos dias de fevereiro. De lá para cá, o novo coronavírus já matou 299 pessoas e deixou 7.910 pessoas infectadas.

De acordo com O Globo, o secretário de Vigilância em Saúde do ministério, Wanderson de Oliveira, informou que o caso é de 23 de janeiro e a pessoa contraiu o novo coronavírus em outro país. A descoberta foi feita após investigação retroativa de casos de síndrome respiratória aguda grave (SRAG).

Desde janeiro, já foram registradas 23.999 hospitalizações decorrentes da síndrome. Do total, 1.587 foram causadas pelo novo coronavírus. Exceto o caso de janeiro, todos os demais foram registrados a partir do fim de fevereiro.

A partir de então, segundo O Globo, os números seguiram a curva ascendente. Na nona semana do ano, foram 4 internações; na 11ª, 355 hospitalizações; na 12ª semana, 710 internações; na 13ª, 433. Até a 14ª semana, a que estamos agora, são 41 casos de internações por SRAG.

Considerando as hospitalizações pela síndrome em que foi identificada presença de um vírus respiratório, o novo coronavírus estev em mais da metade dos casos. O dado representa que até então houve mais casos graves relacionados à Covid-19 do que a outros vírus, como o H1N1, H3M2 e o influenza B.

Continuar Lendo

BRASIL

PF vai permitir entrada de estrangeiros com células para transplante

A determinação é do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro

Publicado

em

Bahia.ba – A Polícia Federal vai permitir a entrada de viajantes estrangeiros portando células destinadas ao transplante de medula óssea. A determinação é do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro e atende a pedido da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

A agência reguladora alertou o Ministério da Justiça que a restrição estabelecida na Portaria nº 152, editada para evitar maior disseminação da Covid-19, “poderia impedir a entrada de portadores das chamadas células progenitoras hematopoiéticas (CPH) no país”, segundo nota do ministério. As células são usadas no transplante de medula óssea.

“O ingresso no Brasil de estrangeiro portando CPH para transplantes pela modalidade de bagagem acompanhada é de evidente interesse público, inserindo-se na exceção de entrada permitida em portaria interministerial. Autorizo desde logo que estrangeiros portadores de células progenitoras hematopoiéticas para transplantes ingressem no Brasil sem as proibições decorrentes da pandemia do novo coronavírus”, descreve a decisão de Moro.

Continuar Lendo

AS MAIS LIDAS DA SEMANA