Conecte conosco

BAHIA

Bahia anuncia crescimento de 92% em potência instalada no setor energético

As informações constam no Informe Executivo de Energias Renováveis, do mês de agosto, divulgado nesta semana pela SDE.

Publicado

em

Bahia.ba – A Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), divulgou que a Bahia tem 177 megawatt (MW) de potência instalável no setor energético e a possibilidade de crescimento do estado é de 92%. Ainda de acordo com SDE, o estado da Bahia tem a capacidade de produzir a própria energia elétrica a partir de fontes renováveis e fornecer o excedente para a rede de distribuição são realidades possíveis nos dias de atuais. A fonte solar fotovoltaica foi o grande responsável pelo crescimento exponencial da geração distribuída (GD) no país, por ser um sistema de fácil instalação, vida útil longa e maior viabilidade financeira.

A Bahia conta, atualmente, com 14,75 MW em potência instalada, o que corresponde a 1.305 unidades geradoras (imóveis que têm placas instaladas) e 1.576 unidades que recebem créditos. Cerca de 32% das unidades geradoras estão localizadas em Salvador, Lauro de Freitas e Camaçari. Entretanto, 27% da potência instalada está em Alagoinhas e Salvador. As informações constam no Informe Executivo de Energias Renováveis, do mês de agosto, divulgado nesta semana pela SDE.

O investimento em geração distribuída é de baixo impacto ambiental, auxilia na redução do carregamento das redes e diversifica a matriz energética. “Nós temos o melhor potencial solar do país e já somos líderes na geração centralizada de energia solar fotovoltaica. A intenção é trabalhar uma nova frente e criar uma política de desenvolvimento do setor de micro e minigeração, que alcance especialmente os principais polos do interior”, afirma João Leão, vice-governador e secretário da pasta.

Cidades

Prefeitura de Feira de Santana endurece restrições após descumprimento de decretos

Segundo o prefeito Colbert Martins (MDB), empresas e parte da população têm desrespeitado medidas contra o coronavírus

Publicado

em

Bahia.ba – O prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins (MDB), decidiu endurecer o combate contra o novo coronavírus na cidade, após identificar que empresas e parte da população tem descumprido os decretos municipais. Na segunda-feira (18), o gestor decidiu suspender o funcionamento do comércio e determinou fiscalização mais rígida em bairros economicamente ativos do município.

De acordo com o prefeito, a fiscalização realizada pela prefeitura já vinha identificando, em alguns bairros, o funcionamento de bares, restaurantes e pizzarias, além da realização de competições amadoras, todos proibidos por decretos. Além disso, alguns estabelecimentos não estavam cumprindo regras como permitir o acesso somente de pessoas com máscaras, disponibilizar de álcool em gel e o controlar o número de clientes dentro das lojas.

“Todas as nossas decisões são baseadas na ciência, em dados, em critérios técnicos. Neste sentido, decidimos endurecer as medidas e estamos estudando outras. Vamos, por exemplo, realizar uma fiscalização mais rigorosa em bairros de grande circulação, inclusive com possibilidade de alguns estabelecimentos que estão descumprindo os decretos perderem o alvará de funcionamento”, afirma Colbert.

Segundo o ele, o maior fluxo de pessoas nos bairros economicamente ativos é registrado nos finais de semana, o que exige fiscalização mais rígida e até eventuais medidas mais restritivas. “Nos finais de semana, percebemos que parte da população ainda insiste em realizar aglomerações e frequentar estes locais, o que representa um grande risco de contágio”, frisa.

Nas ruas, também foi observado que parte da população não vinha respeitando os decretos que obrigavam o uso de máscara e que impediam aglomerações. Nos últimos dias, o prefeito já vinha alertando que, embora a situação esteja controlada na cidade, o desrespeito às regras poderia resultar em medidas mais restritivas.

Prorrogação – Além do fechamento do comércio, o decreto publicado nesta segunda mantém a suspensão das atividades de todos os shopping centers, galerias, lojas de conveniência de postos de gasolina e afins, Feiraguay, Mercado de Arte Popular, Campo do Gado, bares e restaurantes. A restrição também continua para academias de ginásticas, cinemas, teatros e demais casas de espetáculos e eventos. Além disso, as aulas na rede municipal e nas unidades privadas seguem suspensas.

De acordo com o decreto, a Ceasa e o Centro de Abastecimento continuam a funcionar das 4h às 14h. O serviço de delivery ou take-away (retirada no balcão) também permanecerá a funcionar normalmente. Além disso, os serviços essenciais como supermercados, farmácia e instituições bancárias seguem funcionando.

Continuar Lendo

BAHIA

Exército deve assumir obras da Fiol em São Desidério, anuncia ministro

O 4º Baralhão de Engenharia de Construção e o 2º Batalhão Ferroviário serão os responsáveis pela conclusão das obras

Publicado

em

Bahia.ba – O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, anunciou nesta segunda-feira (18) que o Exército Brasileiro deve assumir as obras do Lote 6 da Ferrovia de Integração Oeste Leste (Fiol), em São Desidério. A novidade foi revelada durante visita técnica.

O 4º Baralhão de Engenharia de Construção (4º BEC) de Barreiras e o 2º Batalhão Ferroviário de Araguari serão os responsáveis pela conclusão. Esta é a primeira vez que um batalhão ferroviário das Forças Armadas assume um projeto de ferrovia, desde a implantação da Estrada de Ferro do Oeste (Ferroeste), nos anos 1990.

“O Exército vem fazendo um trabalho extraordinário, como foi feito nas obras da BR-163/PA, e agora vai participar das obras do trecho entre Bom Jesus da Lapa e São Desidério”, afirmou o ministro.

Durante a visita, Tarcísio percorreu trecho da ferrovia e visitou o canteiro de obras e uma fábrica de dormentes em São Desidério, considerada maior produtora de grãos do país. As obras são dividas nos trechos Fiol 1 ILhéus/Caetité e Fiol 2 Caetité/Barreiras.

O trecho 2 tem 485,4 km de extensão, e está com 39% das obras executadas. O investimento é de 2,7 bilhões. Quem executa a obra é a Valec Engenharia, Construções e Ferrovias S.A, empresa pública vinculada ao Ministério da Infraestrutura.

Continuar Lendo

BAHIA

Feira de Santana: Prefeitura inicia distribuição de 15 mil testes rápidos

Publicado

em

Bahia.ba – A prefeitura de Feira de Santana, a 108 km da capital baiana, inicia nesta semana a distribuição de testes rápidos para o diagnóstico de coronavírus. A gestão feirense adquiriu, ao todo, 15 mil exames da China para atender as necessidades do Laboratório de Análises Clínicas da Fundação Hospitalar, Hospital da Mulher e da Secretaria Municipal de Saúde.

Segundo o prefeito Colbert Martins (MDB), a administração municipal investiu R$ 1,3 milhão para ajudar no diagnóstico dos casos de covid-19 na cidade. Do total de testes adquiridos pela prefeitura, 1.000 já chegaram a Feira de Santana.

“Estes testes estão indo para a Secretaria de Saúde para fazer o exame, principalmente, em pessoas que estão com suspeita grave em relação ao coronavírus e também aos profissionais da área de Saúde. Os investimentos da prefeitura são para ajudar no combate ao coronavírus”, declarou o gestor.

Continuar Lendo

AS MAIS LIDAS DA SEMANA