Conecte conosco

Cidades

Alagamento na ACM: ‘Essa cena vai acontecer pela última vez’, promete prefeito de Salvador

Segundo ACM Neto, problemas serão solucionados após obras do BRT

Publicado

em

Metro1 – Prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM) afirmou, nesta terça-feira (26), quando a capital baiana foi atingida por um forte temporal, que após finalização das obras do BRT (ônibus de trânsito rápido), a Avenida Antonio Carlos Magalhães não terá mais alagamentos.

“Enquanto a obra está acontecendo, a água não flui normalmente. Essa cena vai acontecer pela última vez na Avenida Antonio Carlos Magalhães. Isso vai ser possível porque a obra do BRT, quando for concluída, trará em definitivo a solução de drenagem, que foi uma preocupação e exigência da prefeitura para realização da obra”, disse em entrevista à Record TV Itapoan.

Na entrevista, o prefeito acrescentou que toda a equipe do Executivo Municipal vai “varar a noite” para que os impactos causados pelo temporal sejam amenizados. Além disso, ele destacou que o governador da Bahia, Rui Costa (PT), e o ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, se colocaram à disposição da cidade. No entanto, o prefeito avaliou que os problemas podem ser solucionados pelo Executivo Municipal, mas não descartou acecitar ajuda do Governo Estadual e Federal.

Em agosto, durante apresentação do projeto do BRT à Câmara de Salvador, o vice-prefeito Bruno Reis disse que a primeira etapa das obras vai ser entregue até o final de 2020. Acrescentou que em janeiro do próximo ano dará início as obras da segunda etapa. Já no final de 2019 deve ser inaugurado um trecho com elevados na capital baiana.

Cidades

Óleo que atinge litoral brasileiro teria vindo do mar da África, aponta estudo do Inpe

Hipótese foi apresentada à CPI do Óleo na última quarta (11) pelo pesquisador Ronald Buss de Souza

Publicado

em

Metro1 – Um estudo do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) realizado em novembro e apresentado na quarta-feira (11) na CPI do Óleo, na Câmara dos Deputados, tem uma nova hipótese para a origem da substância que atingiu o litoral brasileiro. O óleo teria vindo do mar da África, por cerca de 4 mil km, trazido pelas correntes marinhas por baixo da superfície. A informação é da Folha.

“A gente tem uma hipótese principal de que esse derrame aconteceu a partir de abril deste ano e as manchas só chegaram ao país, em superfície, de maneira difícil de ser detectada através de imagens de satélite, em setembro deste ano”, disse o oceanógrafo Ronald Buss de Souza, pesquisador titular do Inpe, que também atua na administração do órgão como chefe de gabinete. Ele apresentou a hipótese na CPI, onde exibiu um vídeo de uma simulação de como uma suposta mancha teria saído do mar perto da África, em abril, e atingido as costas do Norte e do Nordeste em setembro.

A hipótese diverge da linha de investigação divulgada pela Marinha e pela Polícia Federal no início de novembro, quando o navio Bouboulina, da empresa grega Delta Tankers, foi apontado como principal suspeito pelo derramamento.

Continuar Lendo

Cidades

Sistema de Reconhecimento Facial prende 93º criminoso na Bahia

O suspeito tinha mandado de prisão em aberto por porte ilegal de arma de fogo

Publicado

em

Metro1 – O Sistema de Reconhecimento Facial da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) auxiliou na captura do 93º criminoso. Reginaldo Santos da Silva, de 26 anos, foi preso por equipes da Polícia Militar na tarde de sexta-feira (13) após ser flagrado e acompanhado pelas câmeras da tecnologia. 

O suspeito tinha mandado de prisão em aberto por porte ilegal de arma de fogo, expedido pela 1ª Vara Crime, Júri e Execuções Penais de Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador. Ele foi encontrado na capital baiana.

Continuar Lendo

Cidades

Obras alteram tráfego de veículos na BR-324 entre os viadutos de Pirajá e da Brasilgás

A interdição ocorre das 22h às 5h até o próximo dia 22

Publicado

em

Metro1 – A construção do novo viaduto da BR-324 foi iniciada nesta semana. Devido às obras, o trânsito será modificado na região até o próximo dia 22. O equipamento fará parte da Linha Azul, que vai ligar a orla de Patamares ao bairro do Lobato.

No trecho do viaduto da Estação Pirajá ao viaduto da Brasilgás não será permitido o tráfego de veículos no período entre 22h e 5h. Placas de sinalização foram instaladas na área para auxiliar os condutores. 

O novo viaduto da rodovia terá quase 100 metros e faz parte de projeto de nova via em pista dupla, com duas faixas por sentido, quatro túneis e seis viadutos.

Continuar Lendo

AS MAIS LIDAS DA SEMANA