Conecte conosco

BAHIA

UM DEPUTADO DE SIMÕES FILHO, UM EXÉRCITO DE UM HOMEM SÓ

Publicado

em

Em livros de história seremos a memória dos dias que virão…(se é que eles virão).”   Engenheiros do Hawaii – Exército de um homem só

 

É Hora de falarmos sobre a eleição de um deputado estadual, filho de Simões Filho, em 2018.

É unanime o entendimento de que a cidade precisa eleger um deputado estadual nas próximas eleições.

A pergunta que surge com esse entendimento geral é: Por que?

É bem provável que a maioria dos eleitores não saberia explicar qual a função de um deputado estadual.

E é mais provável ainda, que não saiba quantos deputados a Bahia tem.

E não é exagero dizer, que a grande maioria dos eleitores simõesfilhenses não lembra em quem votou para a assembleia legislativa, nas últimas eleições.

Se o amigo navegante concorda com esses pontos, então, deve estar se perguntando, de onde vem a certeza de que Simões Filho precisa eleger um deputado estadual?

Seria essa certeza, alimentada pelo exemplo de outras cidades circunvizinhas, que já conseguiram eleger representantes para a assembleia legislativa do estado, causando assim, um sentimento de inveja na classe política local?

Ou seria um entendimento de que um deputado estadual, eleito como representante de Simões Filho, faria grande diferença na forma como o governo do estado destina recursos e políticas públicas para a cidade?

Alguns afirmam ser fundamental, o município eleger um deputado estadual, filho da terra, ou pelo menos, alguém que tenha sua história de vida, profissional e pessoal, escrita no município e resumem essa afirmação com a expressão:  um deputado filho da terra.

Caso esse entendimento ganhe força, e em 2018, o município finalmente tenha seu filho da terra eleito deputado estadual, como ele irá se relacionar com o próximo governador e com a atual gestão municipal?

Há duas possibilidades reais, de eleição de um deputado filho da terra, uma para cada um dos dois principais grupos políticos da cidade, um liderado pelo atual prefeito Diógenes Tolentino – Dinha e o outro, pelo seu adversário, o ex-prefeito Eduardo Alencar.

Para representar o grupo do prefeito Dinha na futura disputa, ainda não há um nome definido, mas a principal aposta para muitos, é o nome da primeira dama e vereadora, Kátia Cerqueira.

No grupo do ex-prefeito Eduardo Alencar, já é dado como certo que o próprio ex-prefeito irá disputar uma das cadeiras.

Levando em conta que somente um deles consiga vencer o pleito, qual deles seria mais habilidoso nas articulações entre governo do estado e gestão municipal, se tornando assim, a melhor escolha pelos eleitores?

Qual deles estaria em melhor sintonia com os anseios do povo e a celeridade necessária para que esses desejos sejam atendidos?

Definida a vereadora Kátia Cerqueira como representante do grupo Dinha, e uma vez eleita, teria ela sucesso nas articulações e a atenção necessária por parte do governador do estado, caso seja reeleito o atual governador Rui Costa?

E como se sairia a, no caso, deputada Katia Cerqueira, caso o principal opositor do atual governador Rui Costa, ACM Neto, saísse vencedor na corrida para o governo do estado?

E se ao invés da vereadora Kátia Cerqueira, saísse vencedor, o ex-prefeito Eduardo Alencar?

Estaria o mesmo, disposto a proporcionar articulações entre o prefeito Dinha e o governador do estado, nesse exemplo, sendo Rui Costa, reeleito?

E caso ACM Neto vença, teria o então deputado Eduardo Alencar, espaço para articular, buscar recursos e cobrar ações do governo do estado, para município?

Com os dois exemplos acima, nota-se que a melhor solução, talvez improvável, seria a eleição de dois um de cada grupo e não apenas de um único deputado filho da terra.

Qualquer que seja o resultado das urnas em 2018, é provável que a cidade de Simões Filho terá como representante na assembleia legislativa, um exército de um homem só.

Talvez, tenhamos que esperar pelo menos mais dois anos e meio, para sabermos qual o valor de um deputado filho da terra.

Em tempo;

Exército é o termo que designa uma unidade militar composta por centenas ou milhares de soldados, destinados a fazer a guerra em terra.

A expressão, exército de um homem só, é utilizada para retratar a batalha de indivíduos solitários que partem para uma guerra, onde a derrota é praticamente uma certeza.

Atualmente, a Bahia tem 63 deputados que representam as várias regiões do estado.

Do Página Simões Filho

Continuar Lendo
Clique aqui para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidades

Alô Rui Costa! Mulher está na correria pra não morrer na “fila da morte”. Ajuda!

Publicado

em

Do Página Simões Filho – Dona Maria da Conceição da Silva Soares, 44 anos, está no hospital municipal de Simões Filho, na fila da regulação.

Ela é diabética, hipertensa e sofreu um AVC no domingo passado, dia 26 de agosto.

No momento ela está em estado grave e se não for regulada imediatamente poderá vir à óbito.

A CORRERIA no Hospital Municípal está grande para mantê-la viva, mas o tempo está correndo.

Continuar Lendo

Cidades

“Essa é a eleição do acerto de contas”, diz Joseildo durante lançamento de candidatura a deputado federal em Alagoinha

Publicado

em

Do Página Simões Filho – Cerca de mil pessoas se reuniram na manhã deste domingo (26), no Tênis Clube de Alagoinhas, no evento de lançamento oficial da candidatura a deputado federal de Joseildo Ramos, que atualmente ocupa uma cadeira na Assembleia Legislativa da Bahia e exerce o cargo de Líder da Bancada do Partido dos Trabalhadores (PT).

Além da população, lideranças e vereadores de diversos municípios da região, estiveram presentes também a prefeita de Lauro de Freitas, Moema Gramacho os vereadores de Alagoinhas Thor de Ninha e Luciano Sérgio, e os candidatos a deputado estadual Radiovaldo Costa e Osni Cardoso.

Concorrendo pela primeira vez à Câmara Federal, após ser prefeito e deputado estadual, Joseildo fez críticas às recentes votações da reforma trabalhista e PEC do Teto dos Gastos, além do processo de tentativa de privatização de empresas públicas nacionais.

“Essa é a eleição do acerto de contas com os carcamanos que, em nosso nome, retiraram direitos duramente conquistados. Vendilhões do templo, esses bandidos que não merecem o voto do trabalhador baiano”, afirmou. “O voto pode brilhar se ele for livre, for consequente e pensar nas futuras gerações”, completou.

Moema GramachoPrimeira deputada federal a ser eleita pelo Partido dos Trabalhadores da Bahia, a prefeita de Lauro de Freitas, Moema Gramacho, afirmou que deixou o cargo para concorrer à prefeitura por compromisso com a população do município.

“Fui deputada por dois anos, o suficiente para conhecer o Congresso Nacional. Eu não sairia de lá para cumprir minha missão com o povo se eu não soubesse que iria para o meu lugar alguém tão ‘de com força’ como esse cabra”, afirmou Moema.

Radiovaldo CostaCandidato a deputado estadual, ex-vereador de Alagoinhas e dirigente licenciado do Sindipetro, Radiovaldo Costa defendeu a Petrobras, a soberania nacional e denunciou a tentativa de entrega do petróleo nacional a empresasestrangeiras.

“A maior riqueza que esse país tem não é ouro, não é ferro, é petróleo. Agora esses pilantras vão para o Congresso para entregar essa riqueza, que é um investimento no nosso futuro, para o capital internacional. E isso acontece, Joseildo, porque nós não temos mais deputados lá como você”, afirmou Radiovaldo.

Continuar Lendo

Cidades

Semana da Juventude 2018: Confira a Programação

Publicado

em

A prefeitura de Simões Filho, cidade da Região Metropolitana de Salvador (RMS), realiza de 06 a 11.08 e 13.08, a Semana de Juventude, com uma série de ações que promovem a inclusão do jovem na sociedade, através da Secretaria Municipal de Esporte,Lazer e Juventude (Sejuv).

Os jovens terão acesso à informação sobre mercado de trabalho e contato com atividades lúdicas, oficinas, debates, cine-debates. O evento reserva ainda, o Festival da Juventude, como apresentações de bandas locais, como Sarau Mix, Amanda Rodrigues, Dj Edinho e uma atração surpresa.
A abertura oficial acontecerá no dia 06.07, às 08h, no auditório do Centro Social, que fica na Avenida Walter Aragão de Souza, ao lado do Mercado Municipal – Centro e às 13h30, roda de debates, em grupos de trabalho, sobre a temática: O Jovem e vida.
Programação:

Terça (07/08): 09h – Cine debate;

13h30 – Plantio de mudas em parceria com escolas municipais da Ilha de São João e Aratu.
Quarta (08/08): de 08h às 12:00 – Testes e debates sobre Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST’s);
14h – Oficina de empoderamento feminino, na Escola Municipal União da Bahia.
Quinta (09/08): 09h – Mostra / Feira de Empreendedorismo Jovem (Pátio da Prefeitura);
13h30 – Mostra de Teatro: Violência Sexual contra crianças e adolescentes – Cidade da Criança.
Sexta (10/08): 08h – Panfletaço e caminhada de conscientização no trânsito;
17h30 – Torneio de Artes Marciais – (Ginásio de Esportes).
Sábado (11/08): 09h – Torneio de Handebol e Vôlei (Ginásio de Esportes);
19h – Shows do Festival da Juventude
Segunda (13.08) – 08h30 – Enceramento, na Câmara de Vereadores.
A Semana da Juventude é executada pela Lei Municipal 989/2015, que dispõe sobre a realização de atividades intersetoriais, pelo poder público municipal, voltadas a temáticas relacionadas à juventude. A referida lei estabelece que a Segunda semana de agosto é o período reservado no calendário municipal de eventos para celebração da Semana Municipal de Juventude, através de encontros, fóruns, torneios, debates, movimentos culturais, dentre outras atividades.

Por Ascom/PMSF – Núcleo de Imprensa

Continuar Lendo

AS MAIS LIDAS DA SEMANA

Copyright © 2017 Tudo é Política