Conecte conosco

BAHIA

Promulgação de lei na Alba reafirma papel social do novo tempo na Casa

Publicado

em

A promulgação da Lei nº 13.802/2017 pela Mesa Diretora da Assembleia Legislativa da Bahia, na manhã desta quarta-feira 22, em reunião no Salão Nobre da Casa, reafirmou o papel social que o Legislativo baiano abraçou desde fevereiro último.

 

A medida permite às Obras Sociais Irmã Dulce (OSID) promover a locação de 1/3 do terreno onde atualmente funciona o Centro Educacional Santo Antônio (CESA), localizado no município de Simões Filho, como forma de reforçar as verbas de custeio da referida unidade escolar.

 

O citado terreno foi doado à OSID em 1963, pelo então governador baiano Lomanto Júnior, visando à construção de um orfanato para acolher jovens sem referência familiar. Atualmente a escola abriga 750 crianças e adolescentes, em tempo integral, da educação infantil ao 9º ano do ensino regular. O Cesa oferece ainda ao alunado assistência odontológica, informática, oficinas de arte, cursos de extensão, entre outros.

 

A proposição de Coronel permitindo o aluguel do espaço foi aprovada por unanimidade no plenário do Legislativo estadual. Conforme a lei, eventuais melhorias patrocinadas no terreno serão incorporadas ao imóvel. Em 2014, a OSID pediu ao Governo da Bahia a permissão para alugar parte do espaço, em desuso, visando à geração de receita para aplicação nas ações da unidade escolar.

 

A solenidade de promulgação foi dirigida pelo presidente da Alba, deputado Angelo Coronel (PSD), e contou com a participação dos deputados Carlos Geilson (PSDB), Luciano Simões Filho (PMDB), Manassés (PSL), Fabrício Falcão (PCdoB) e Sandro Régis (DEM), integrantes da Mesa Diretora.

Compuseram ainda a mesa a gestora da OSID, Maria Rita Lopes Pontes; a coordenadora do Instituto Assembleia de Carinho, Eleusa Coronel; o procurador da Alba, Graciliano Bonfim, e o conselheiro aposentado do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Manoel Castro, além de integrantes do grupo filantrópico Amigos de Dulce.

ALTIVEZ

Coronel destacou a relevância social da iniciativa e sua satisfação em dirigir a Casa nesse novo tempo, observando que a lei “deixa a Alba mais leve e próxima do seio da sociedade”. Chefe do Legislativo estadual lamentou o desgaste que a classe política tem sofrido com os sucessivos escândalos de corrupção, mas exortou os homens públicos de bem a reagir à demonização dessa importante atividade.

 

Os políticos corretos devem ter altivez nesse momento. A política move o mundo, inclusive com belas ações, como esta aqui. É preciso expurgar aqueles que estão enlameando a classe”, defendeu. Coronel elencou os diversos convênios e parcerias que a Casa tem firmado em prol de pessoas em desvantagem social na Bahia, e agradeceu aos servidores pela colaboração, e à imprensa por divulgar as boas ações.

 

Maria Rita elogiou a sensibilidade social do presidente e disse que a lei tem grande significado humanitário. “O projeto de Coronel vem coroar nossos sonhos de garantir receita extra para o Cesa. É um sonho só concretizado graças à amiga Eleusa Coronel que abraçou esta causa. Que Deus lhes pague, em nome de Irmã Dulce”, agradeceu a chefa da OSID.

 

Emocionada, a coordenadora do Assembleia de Carinho ressalvou ser uma honra participar dessa “corrente do bem” e ajudar aqueles que mais precisam. “Tenho a maior gratidão por isso. Que venham outros projetos com essa mesma natureza, para que possamos reduzir sofrimentos e colaborar com a formação educacional e a construção de um futuro melhor de jovens baianos que precisam”, disse Eleusa.

Deputado Carlos Geilson chamou a promulgação da lei de momento especial e se disse muito feliz em compor a mesa e pelo “olhar de carinho da Alba com essas obras assistenciais”. Luciano Simões destacou sua satisfação em a Casa ir além da função precípua de legislar. “O clima aqui na Alba é outro; isso colabora na construção de uma imagem positiva da política na Bahia”, entende o parlamentar.

HUMANIDADE

Deputado Manassés também exaltou a função social da Casa e classificou de “lindo e obra de Deus” o trabalho da OSID. Fabrício Falcão enfatizou que o casal Coronel, através do Assembleia de Carinho, vem ajudando na humanização do Legislativo estadual e melhorando a vida de pessoas.

 

Deputado Sandro Régis parabenizou o trabalho da Mesa Diretora e observou que a gestão Coronel sustenta-se em três pilares: a valorização do servidor, o espírito familiar implantado na gestão, e a efetivação de um caráter humanista. “Coronel, você faz a Alba ser diferente”, confessou o democrata.

 

Antes da promulgação, nove alunos do Centro Educacional Santo Antônio apresentaram a peça teatral Humanidade. O espetáculo põe em relevo as agruras vividas no planeta Terra, a partir de práticas desumanas do ser humano, questionando o que será do futuro da humanidade? A apresentação busca exaltar, na Terra, vidas especiais como a de Irmã Dulce, e finaliza desejando paz, amor e humanidades a todos.

Continuar Lendo
Clique aqui para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

BAHIA

OTTO NÃO IRÁ COORDENAR A CAMPANHA DE RUI COSTA

Publicado

em

O Social-democrata, afirmou, em entrevista coletiva durante a sessão especial convocada pela Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) em homenagem ao ex-presidente Lula, que não vai se afastar do Senado para coordenar a campanha política do governador Rui Costa à reeleição.

Otto informou que que deverá ser indicado líder do bloco PSD-PP e terá que aceitar o convite. “Eles estão me pressionando, porque não aceitei de outra vez que me convidaram”, declarou.

Otto disse ainda que o PSD só definirá quem indicará para a chapa majoritária de Rui após o vice-governador João Leão (PP) anunciar qual vaga quer ocupar no grupo.

Continuar Lendo

BAHIA

EXCLUSIVO: EX-VEREADOR JOEL CERQUEiRA SAI DO PT E VAI PARA O PSD E SERÁ NOMEADO NA ALBA

Publicado

em

A movimentação das peças para as eleições de 2020 já começaram.

O efeito desencadeado pelo choro e a decisão do prefeito da capital Baiana, ACM Neto, de não ser mais o líder do bloco de oposição ao governo do Estado, está sendo devastador em vários municípios da Bahia. Com a atitude de  Neto, os adversários de seus aliados já começaram a montar estratégias para visando as próximas eleições municipais.

As eleições deste ano nem sequer iniciaram suas campanhas, e as articulações visando as eleições de 2020 já começaram a produzir acomodações importantes para a futura disputa nas eleições para prefeito e vereadores do município.

Como foi adiantada com exclusividade pelo site Tudo é Política, Joel Cerqueira já está de malas prontas, não para sair do PT, somente, mas para ingressar na sua “nova casa” o Partido Social Democrata (PSD), partido dos irmãos Otto Alencar e Eduardo Alencar, respectivamente senador e ex-prefeito de Simões Filho.

No pacote da troca de siglas, ainda virá, nos próximos dias, uma nomeação para o gabinete da presidência da Assembleia Legislativa da Bahia, por indicação do ex-prefeito Eduardo Alencar que será um dos vários candidatos a deputado estadual e que, provavelmente, será eleito com o discurso de ser o primeiro deputado representante de Simões Filho naquela casa.

A mudança poderá ser encarada como, apenas mais uma troca de partido, mas requer atenção por parte dos adversários, uma vez que o PSD é sigla representada na câmara municipal pelos vereadores: Everton Paim, Manoel Almeida – NECO e Dene da Metalúrgica, o quais, declararam apoio total ao atual prefeito Diógenes Tolentino – DINHA.

Neco e Everton Paim, já declararam em tribuna, não ter mais nenhum compromisso com o ex-prefeito e pré-candidato a deputado estadual, Eduardo Alencar, mesmo continuando no PSD.

Dene da Metalúrgica está no seu quarto mandato e como sempre existiram, rumores dão conta de que o mesmo não irá disputar mais um mandato. O que o espera de fato, é uma árdua batalha para se reeleger para seu quinto mandato.

É provável que pelo menos dois deles, Everton e Neco também troquem de casa. O vereador Everton Tem flertado com o partido Verde, mas não decidiu nada até o momento.

Já o vereador Neco, vê seu irmão Edson Almeida, em articulações fortíssimas no município, coordenando a pré-campanha do ex-prefeito Eduardo Alencar, para deputado estadual, o que poderá representar forte baixa no seu eleitorado. Dos três, talvez o vereador Neco seja  o que mais corre riscos na busca por uma reeleição.

Paralelo a tudo isso, a diretoria do Partido dos Trabalhadores (PT) continua cochilando, deixando o partido servir como mais uma sigla de aluguel, sem vereador de mandato e com pouca expressividade em seus quadros de possibilidades para apresentar aos eleitores em 2020, sem contar que, mesmo negando, toda a negociação de saída do ex-vereador Joel Cerqueira, antes conhecido como JOEL DO PT,  par ser, agora, o JOEL DO PSD,  aconteceu sem que houvesse a menor resistência do partido, para manter o ex-presidente da câmara de vereadores no quadro de opções, para aquelas que serão, talvez, as mais disputadas eleições municipais da história de Simões Filho.

Continuar Lendo

Cidades

CEZAR DIESEL VOLTA A SE MOVIMENTAR. SEU MAIOR DESAFIO? CONVENCER

Publicado

em

A desistência do prefeito de Salvador – ACM Neto, de deixar a prefeitura da capital baiana para concorrer ao posto de governador do estado da Bahia nas eleições de 2018, provocou mudanças drásticas nos diversos cenários políticos do Estado, ao mesmo tempo em que, criou oportunidades para que nomes que até então estavam esquecidos voltassem ou tentassem voltar às suas praças para, novamente, buscar colocar seus nomes em evidência, visando as eleições de 2020.

Em Simões Filho, um desses nomes é o empresário e ex-candidato Cezar Diesel, que concorreu pelo PRP, para prefeito de Simões Filho, obtendo pouco mais de cinco mil votos.

AS dificuldades enfrentadas por ex-candidatos, dizem respeito à credibilidade e a confiabilidade adquirida ao longo de campanhas passadas.

Há que se entender que todos que enfrentaram o atual prefeito, Diógenes Tolentino – DINHA, irão tentar impedir que o mesmo se reeleja, e sendo assim, as estratégias adotadas deverão levar em conta vários fatores.

No entanto, a credibilidade na palavra assumida com fornecedores, prestadores de serviços inerentes a pré-campanha e campanha política, e também, com compromissos assumidos como vários apoiadores, devem ser minunciosamente observados para que não se dissemine, via “rádio peão”, histórias de decepções que possam revelar problemas difíceis de serem contornados por aqueles que decidirem, novamente, ou pela primeira vez, apoiá-lo.

Cezar Diesel conquistou um grupo que caminhou com ele, e o mais lógico é que o mesmo, deverá tentar reconquistar os que decidiram se afastar.

Em sua primeira tentativa de se eleger prefeito do município, muitos apoiadores apostaram alto, mas hoje, esses mesmos apoiadores, transmitem, muito discretamente, sentimento de insegurança para assumir, novamente, qualquer compromisso o prefeiturável.

Está ai grande desafio para Cezar: provar que, de fato, tem um projeto para a cidade e em razão deste projeto, conquistar confiança e solidificar um grupo diverso, que consiga elaborar propostas convincentes para os eleitores.
Cezar Diesel precisa reverter, de uma vez por todas, a sensação de muitos, de que não estará buscando reaglutinar pessoas em seu redor apenas para provar para seu principal apoiado e apoiador – deputado federal Luiz Caetano – que tem o controle do grupo que em 2016, obteve mais de dez mil votos em Simões Filho.

Caso não consiga reverter esses sensação, melhor seria que o empresário Cezar Diesel desistisse de mais uma tentativa de se eleger prefeito da cidade, sob pena de sofrer mais uma e definitiva derrota.

Em tempo;

O deputado Luiz Caetano foi autor de emendas que destinaram ao setor de saúde de Simões Filho, quase um milhão de reais no seu primeiro mandato no Congresso Nacional.

Continuar Lendo

AS MAIS LIDAS DA SEMANA

Copyright © 2017 Tudo é Política