Conecte conosco

BAHIA

OPINIÃO: VEREADORES, OU VOCÊS MORDEM, OU VOCÊS ASSOPRAM, PONTO.

Publicado

em

Por Mário Luiz Nobre no Página Simões Filho – Não dá para falar mal de secretários e em seguida parabenizar o prefeito.

É provável que se um eleitor perguntar a alguns vereadores, quantas secretarias tem a atual gestão, eles pedirão um tempo para tentar contar, mentalmente, para responder; se perguntar pelos nomes dos secretários, então…

Os discursos desalinhados e fora de sintonia com a gestão estão descortinando uma situação que deverá fazer com que o prefeito seja forçado a tomar decisões drásticas, antes que os prejuízos políticos se tornem concretos.

A tática usada de, depois de duras críticas aos secretários, tecer longos elogios ao prefeito, não está tendo o efeito esperado pelos desatentos edis, uma vez que não há como dizer que a gestão está bem, mas os secretários não trabalham. É no mínimo, incoerente.

Outro ponto que deve ser observado pelos destrutivos aliados, é a falta de clareza nas reclamações. Não dá para criticar a produtividade de secretários de forma abstrata, sem apontar as falhas detectadas.

É preciso dar nomes.

Ou dá os nomes, ou todo o secretariado será visto como alvo das críticas, como incompetentes, improdutivos, preguiçosos.

“Jogar para a galera” com o discurso de que secretário de fora não pode ser nomeado e receber o dinheiro do município sem trabalhar, cria um constrangimento gigantesco para o prefeito, pois é preciso lembrar que esse discurso já não cabe, e se assim continuarem, o preço político poderá ser alto.

O que os eleitores têm presenciado nas últimas sessões, são verdadeiras peças de teatro do absurdo, onde alguns vereadores, passam a criticar, duramente, secretários, mas ressalvam com parabéns ao prefeito e aos seus secretários. Não dá para entender! A conta não bate.

Talvez, o que esteja acontecendo é o desnudar da mais dura realidade quanto ao despreparo de alguns sentados e assentados, para assumir uma cadeira no parlamento municipal para representar o povo.

Ouve-se nas rodas de conversas, comentários sobre a qualidade do legislativo atual, no que diz respeito à representatividade popular e de grupo político. Quase sempre esses comentários refletem desânimo e decepção.

Muitos desses comentários projetam prováveis problemas que o prefeito Diógenes Tolentino – DINHA, irá enfrentar, nos próximos meses, por conta da falta de noção e traquejo político, principalmente, para tecer comentários sobre a produtividade dos secretários da gestão do prefeito DINHA, os quais foram escolhidos a dedo, para compor seu corpo administrativo, com base em seus currículos e suas histórias profissionais.

Cabe aqui uma reflexão: se os secretários, com seus currículos e suas experiências, tivessem uma única sessão para falar dos desempenhos dos vereadores, o que ouviriam os eleitores?…

Não se pode generalizar críticas e não citar nomes por medo, jogando para população o trabalho de identificar quem são os alvos das críticas parlamentares.

Os resultados de uma boa gestão, são alcançados por uma equipe, onde o gestor [prefeito] é o líder e seus secretários, são seus representantes imediatos, executando ações e ordens sob a decisão e o aval do seu líder, do seu chefe, o prefeito. Ou seja, se o desatento edil critica o secretário, vociferando palavras que encantam a plateia, ele deve entender que está criticando indiretamente, o prefeito, vociferando e jogando para a galera.

Acreditem, parabenizar o prefeito, depois da descarga puxada, não cola.

O prefeito DINHA certamente já ouviu o ditado que diz que quem acompanha morcego, pode acordar de cabeça para baixo.

Um olhar mais apurado poderá revelar que a oposição ao prefeito está sendo feita por alguns, estupidamente declarados, aliados, e quem tem aliados assim, não precisa de oposição.

Por isso, VEREADOR, ou você morde, ou você assopra.

Em tempo;

Acredita-se que expressão MORDE E ASSOPRA, tenha surgido a partir da observação feita sobre o comportamento dos morcegos.

Os morcegos são conhecidos por sugarem o sangue de suas vítimas, sem que estas percebam.

Na tentativa de explica este fato, antigamente as pessoas alegavam que o morcego assoprava a ferida feita nas suas presas para poder aliviar a dor.

MORDE E ASSOPRA é uma expressão popular utilizada para se referir ao comportamento de uma pessoa hipócrita e falsa, que age de modo incorreto e depois muda a sua atitude, repentinamente.

Quando se diz que determinado indivíduo “morde e assopra” significa que magoa os outros, com atos ofensivos, mas depois começa a querer agradar a pessoa anteriormente ofendida, pedindo desculpas e agindo como se nenhuma situação desagradável tivesse acontecido.

Ao que está sendo notado, diga-se de passagem, em ano eleitoral, alguns aliados do prefeito Dinha, não câmara de vereadores, estão se comportando como verdadeiros morcegos.

A melhor forma de se combater morcego, é com uma boa dedetização.

O atento navegante pode estar perguntando porque razão não citei os nomes dos críticos vereadores, a resposta é simples, para que eles entendam que uma crítica genérica atinge a todos.

Clique aqui para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidades

ORLANDO DE AMADEU CHAMA EX-PREFEITOS EDSON E EDUARDO DE TICO E TECO

Publicado

em

Ao falar da vitória da deputada eleita Kátia Oliveira, o vereador e próximo presidente da casa legislativa do município – Orlando de Amadeu, chamou de “tico e teco” os ex-prefeitos Edson Almeida e Eduardo Alencar, eleito deputado estadual nas eleições de 2018.

Orlando de Amadeu disse falou que Kátia Oliveira derrotou os dois nas eleições deste ano.

Vereador Orlando de Amadeu também desafiou que seus colegas vereadores, que apoiaram o deputado eleito Eduardo Alencar fossem à tribuna para informar o endereço residencial do deputado eleito.

 

Continuar Lendo

Cidades

ASSASSINATO E TENTATIVA DE LINCHAMENTO MARCAM MANHÃ DESTA TERÇA-FEIRA EM EUCLIDES DA CUNHA

Publicado

em

Conhecido com Dilson, morador da localidade do Curral Falso, em Monte Santo, assassinou com múltiplas facadas no pescoço, Salviano, também morador da mesma localidade.

O motivo do crime ainda não foi desvendado pela polícia.

O que chamou a atenção foi a frieza do assassino que, após a barbárie, sentou em um banco próximo ao corpo, quando, por muito pouco, escapou de um linchamento por parte da população que assistiu ao crime praticado em plena luz do dia e aos pés da estátua daquele que empresta seu nome para a cidade – Euclides da Cunha – na Av Rui Barbosa, no centro da cidade.

A única informação até o momento, é que o assassino sofre de depressão.

Continuar Lendo

BAHIA

APOIO DE ACM NETO A BOLSONARO É INSULTO AOS MOVIMENTOS NEGROS  

Publicado

em

ACM Neto Apoia Bolsonaro

O assassinato de Moa do Katendê por um seguidor de Bolsonaro, revelou o avanço do fascismo no Brasil nos últimos quatro anos que se iniciou com a perseguição à única mulher eleita presidente do pais e que foi tirada do cargo por meio de um golpe parlamentar.

A escalada fascista continuou com a perseguição jurídica e midiática ao maior líder popular que o Brasil já teve, conduzida por juízes procuradores, promotores e gigantes da comunicação como a Globo, a Band RECORD e outros.

Uma vez no poder, os golpistas deram início a uma série de redução de direitos aos trabalhadores, redução de programas sociais, redução de investimentos em áreas prioritárias como saúde e educação.

O ódio às minorias, aos mais pobres, aos negros, aos índios, às mulheres, aos LGBTS+ e ao povo nordestino, avançou com as declarações do candidato Jair Bolsonaro, que agora é apoiado por ACM NETO.

Sendo a Bahia a maior comunidade negra fora da África, palco de grandes manifestações históricas da luta do povo negro por igualdade de direitos e respeito aos seus costumes, religião e cultura, o emblemático assassinato de Moa do Katendê, um negro que fez história com sua luta pela difusão e preservação da cultura negra no mundo, deve ser lembrado como mais um episódio de luta. Luta pela liberdade, pelo direito de escolha.

O prefeito ACM Neto, ao declarar apoio ao candidato Jair Bolsonaro, praticamente ratifica, mesmo dizendo que não, todo e qualquer declaração preconceituosa de Bolsonaro ao povo nordestino e às minorias.

ACM Neto deveria ser o primeiro a se posicionar contra, quando o seu, agora candidato a presidente, ofereceu capim aos nordestinos.

Quando o mesmo disse que pobre só serve para votar.

Quando ofendeu povos quilombolas ao se referir aos mesmo como se estivesse falando de animais.

ACM Neto deveria ser o primeiro a defender a comunidade LGBT+ que tantos votos lhe deu nas suas buscas por cargos eletivos.

ACM Neto, deveria lembrar que em época de eleição, é nos morros de Salvador que ele vai.

Vai nas favelas, vai nas sedes de blocos afros, bater tambor para ficar bem nas fotos para suas redes sociais.

ACM Neto deveria lembrar que aqui na Bahia existem os Filhos de Gandhy, o Olodum, O Ilê, o Vovô, o Pelô.

ACM Neto Deveria lembrar que aqui na Bahia, há comunidades indígenas que lutam a anos pela posse de suas terras, invadidas por milionários, amiguinhos do poder.

ACM Neto deveria lembrar do Quilombo Rio dos Macacos, comunidade tão humilhada por forças militares que na primeira oportunidade que tiverem, não exitaram em expulsar de suas precárias casas aquela comunidade que tanto clama pro ajuda.

É triste constatar que ACM Neto é tão pequeno em sua grandeza política.

É triste saber que para ACM Neto o povo baiano é meramente um obstáculo na busca pelo poder através do voto.

ACM Neto deve se lembrar, se é que um dia soube, que o fascismo não tolera oposição.

Não adiantará novamente, tentar aglutinar mais um grupo golpista para derrubar seu fascista de ocasião, pois caso o mesmo assuma o poder, estará ladeado por militares que não tolerarão gritos de meninos chorões e estarão prontos para dar o velho “passa-moleque” naqueles que se posicionarem contra qualquer medida imposta ao povo ou em defesa de qualquer minoria.

Com que cara ACM Neto irá à próxima Lavagem do Bonfim?

Por fim, só seria necessário dizer que o apoio de ACM Neto a Bolsonaro é uma ofensa à história do povo negro, na Bahia e no Brasil.

Se apoias um fascista, fascistas és.

Continuar Lendo

AS MAIS LIDAS DA SEMANA

Copyright © 2017 Tudo é Política