Governo convoca universitários para reforço escolar na rede estadual - Tudo é Política
Conecte conosco

BAHIA

Governo convoca universitários para reforço escolar na rede estadual

Publicado

em

Governo convoca universitários para reforço escolar na rede estadual

O Partiu Estágio, iniciativa da administração estadual que garante acesso a oportunidades de aprendizado a universitários baianos, publicou, nesta sexta-feira (22), a segunda convocação em 2019. Para as 905 vagas anunciadas – voltadas a estudantes dos cursos de Letras, Matemática e Educação Física – o Estado convocou 626 inscritos. 

Os novos estagiários irão atuar no projeto de reforço escolar para a rede estadual de ensino, anunciado pelo governador Rui Costa durante o programa #PapoCorreria. O grupo será direcionado para escolas estaduais de 21 municípios baianos, incluindo Salvador.

A convocação dos universitários segue a mesma regra das demais convocações realizadas pelo Partiu Estágio. Os estudantes selecionados estão sendo informados por meio do e-mail cadastrado no momento da inscrição no programa. A relação dos selecionados está disponível para consulta no site da Secretaria da Administração do Estado (Saeb)

A comunicação por e-mail traz a lista de documentos a ser entregue pelo universitário, relacionada em Edital, e o local onde devem se apresentar. A escola onde o estágio irá ocorrer será definida posteriormente.

Os convocados têm prazo de dez dias úteis para se apresentarem, a partir desta sexta (22) e previsto para ser encerrado no dia 4 de abril. Quem não entregar toda a documentação exigida, ou não se apresentar dentro do prazo estipulado, perderá a vaga de estágio. Desde o lançamento do programa, em abril de 2017, já foram contratados pouco mais de 6,5 mil universitários para atuar no serviço público baiano. O projeto de reforço escolar irá contratar, ao todo, cinco mil estudantes universitários.  

O Partiu Estágio é prioritário para estudantes inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) e para aqueles que tenham estudado todo o ensino médio em escola pública ou com bolsa integral na rede privada. 

Documentação necessária:

– Comprovante de residência

– Original e cópia da Carteira de Identidade

– Original e cópia do Cadastro de Pessoa Física (CPF)

– Original e cópia de Carteira de Identidade do representante legal, ou do Termo de Guarda expedida por autoridade judicial, se for o caso

– Declaração da Instituição de Ensino informando semestre letivo, duração do curso, percentual cursado, turno de estudo, curso de formação e sua modalidade presencial (Anexo II do Edital)

– Comprovante de matrícula e frequência da Instituição de Ensino

– Declaração própria de que não exerce atividade remunerada em órgão público

– Original e cópia do Título de Eleitor, se for o caso

– Original e cópia do Certificado de Reservista, se for o caso

– Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS)

– Comprovação de inscrição no Cadúnico, se for o caso

– Histórico escolar do Ensino Médio ou declaração emitida pela instituição de nível médio, no caso dos candidatos que tenham sido selecionados pelo critério de ter estudado todo o Ensino Médio em Escola Pública ou como Bolsista integral

– No caso de pessoas portadoras de deficiência, deverá ser apresentado um Relatório Médico comprovando a deficiência

Veja arquivo anexo:

http://tudoepolitica.com.br/wp-content/uploads/2019/03/PartiuEstagio22marco2019.pdf

Clique aqui para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidades

ATENÇÃO! NOVA ONDA DE ASSASSINATOS DE CÃES NAS RUAS

Publicado

em

pedaços de carne com taxinhas espetadas

Se você tem cão de estimação e costuma passear com ele, tenha cuidado com o que ele pode comer sem que você perceba.

Pessoas estão espalhando cubos de carne com taxinhas espetadas com o objetivo de matar os animais. Basta que o dono se distraia por um segundo e o cão coma isso.

Não dá para mensurar até onde chega a maldade humana.

A imaginação e a estupidez do ser humano não tem efetivamente limites.

Continuar Lendo

BAHIA

“Jênio”: Igor Kanário tenta convencer que reforma da previdência “é bom pra nóis”

Publicado

em

Como se estivesse comemorando a maior conquista dos mais pobres da Bahia, O deputado federal Igor Kannário (DEM) comentou nesta quinta-feira (11/07), através do Instagram, os ataques recebido nas redes sociais por ter votado favorável a Reforma da Previdência.

A reforma da Previdência foi aprovada na Câmara Federal na noite de ontem e assim como o baiano, outros 378 parlamentares optaram por aprovar o texto-base.

Igor Kannário gravou um vídeo e reafirmou que é “desassombrado” e votou “sim porque é bom pra ‘nois’”.

“Eu tô vendo aqui vários ‘mimimis’, vários comentários aí nas redes sociais tentando denegrir, né? Ou confundir, né? Pra poder ver se divide a nossa favela. Pra poder ver se vocês ficam contra mim. Pra ver se eu perco a credibilidade”, disparou o deputado, que acrescentou.

“A conta vai chegar pra vocês. Eu sou destemido, sem medo de nada e vou continuar, foi por isso que eu votei sim, porque eu sei que é bom para ‘nois’. Eu votei sim porque eu não tenho rabo preso com ninguém. Eu jamais deixarei de ser eu. Independente do que aconteça, eu sempre serei favela”, disse Kannário.

O parlamentar ainda aconselhou seu público a procurar se “informar, procura ler, para quando vim esses ‘bunda-moles’ ‘ae’ falar um monte de besteira, vocês saber como responder. Fiquem com Deus e tamo juntos, deixa Deus conduzir as paradas”, concluiu Kannário.

https://www.instagram.com/p/BzylFIeJtjm/?utm_source=ig_web_copy_link

Continuar Lendo

BAHIA

Bolsonaro sobre barragem na Bahia: “Não temos como conter a onda, né?”

Bolsonaro teve 12,10% dos votos da cidade de Coronel João Sá

Publicado

em

Bolsonaro sobre barragem na Bahia: “Não temos como conter a onda, né?”

METROPOLES – O presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), comentou a tragédia que atingiu um povoado da cidade Pedro Alexandre, localizada a 435 km de Salvador, capital da Bahia. Após o rompimento da barragem, nesta quinta-feira (11/07/2019), o chefe do Executivo afirmou que os órgãos de defesa civil foram acionados e soltou: “Não temos como conter a onda, né?”.

“Nossos órgãos de defesa civil estão informados, estão tomando providência”, disse o presidente. Bolsonaro declarou ainda que “o governo está à disposição dos prefeitos locais para qualquer providência que por ventura julguem necessária”.

Continuar Lendo

AS MAIS LIDAS DA SEMANA