GOVERNADOR DO DF QUER EXPULSAR GEDDEL DO MDB - Tudo é Política
Conecte conosco

BRASIL

GOVERNADOR DO DF QUER EXPULSAR GEDDEL DO MDB

Publicado

em

Ibaneis quer explusar geddel do mdb

Diante de correligionários da velha guarda do MDB, como Renan Calheiros (AL), Romero Jucá (RR) e Lúcio Vieira Lima (BA), o governador Ibaneis Rocha fez duras críticas à condução do partido, durante uma reunião da legenda, realizada quarta-feira (20) na Câmara dos Deputados.

O chefe do Palácio do Buriti disse que “o partido não existe do ponto de vista estrutural”, afirmou que o MDB não tem hoje nenhum porta-voz e defendeu a urgência da renovação da sigla.

“Com a atual estrutura do MDB, não vamos conseguir montar diretórios competitivos e estamos fadados ao insucesso nas eleições municipais do ano que vem”, alertou Ibaneis. Novato no MDB, o governador do DF causou constrangimento aos caciques do partido ao defender a expulsão de correligionários presos.

“Não me sinto na condição de estar no mesmo partido em que está Eduardo Cunha. Não posso estar no mesmo partido de um camarada que foi preso porque tinha mais de R$ 50 milhões guardados em malas em um apartamento”, afirmou Ibaneis, em referência a Geddel Vieira Lima. A crítica foi disparada cara a cara com Lúcio Vieira Lima, irmão de Geddel. “Ou vocês querem um partido novo, ou vocês não me querem no partido. Acho que o MDB tem que enfrentar suas feridas, porque senão vamos definhar”, bradou o governador, diante de uma plateia silenciosa.

Clique aqui para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

BAHIA

“Jênio”: Igor Kanário tenta convencer que reforma da previdência “é bom pra nóis”

Publicado

em

Como se estivesse comemorando a maior conquista dos mais pobres da Bahia, O deputado federal Igor Kannário (DEM) comentou nesta quinta-feira (11/07), através do Instagram, os ataques recebido nas redes sociais por ter votado favorável a Reforma da Previdência.

A reforma da Previdência foi aprovada na Câmara Federal na noite de ontem e assim como o baiano, outros 378 parlamentares optaram por aprovar o texto-base.

Igor Kannário gravou um vídeo e reafirmou que é “desassombrado” e votou “sim porque é bom pra ‘nois’”.

“Eu tô vendo aqui vários ‘mimimis’, vários comentários aí nas redes sociais tentando denegrir, né? Ou confundir, né? Pra poder ver se divide a nossa favela. Pra poder ver se vocês ficam contra mim. Pra ver se eu perco a credibilidade”, disparou o deputado, que acrescentou.

“A conta vai chegar pra vocês. Eu sou destemido, sem medo de nada e vou continuar, foi por isso que eu votei sim, porque eu sei que é bom para ‘nois’. Eu votei sim porque eu não tenho rabo preso com ninguém. Eu jamais deixarei de ser eu. Independente do que aconteça, eu sempre serei favela”, disse Kannário.

O parlamentar ainda aconselhou seu público a procurar se “informar, procura ler, para quando vim esses ‘bunda-moles’ ‘ae’ falar um monte de besteira, vocês saber como responder. Fiquem com Deus e tamo juntos, deixa Deus conduzir as paradas”, concluiu Kannário.

https://www.instagram.com/p/BzylFIeJtjm/?utm_source=ig_web_copy_link

Continuar Lendo

BRASIL

Reforma da Previdência vai retirar R$ 900 bilhões das famílias mais pobres do Brasil

Publicado

em

Reforma da Previdência vai retirar R$ 900 bilhões das famílias mais pobres do Brasil

Carta Campinas – Que ‘reforma’ da Previdência é essa? A pergunta ganhou a internet e ficou entre os assuntos mais comentados do Twiiter nesta terça-feira (4). O questionamento dá nome a uma campanha que quer esclarecer as propostas do governo do presidente, Jair Bolsonaro (PSL), sobre o tema (PEC 06/19).

Mais de 90% da economia pretendida com a reforma irá gerar vem dos mais pobres, segundo alerta o economista Eduardo Moreira. Isso significa que, pelos cálculos do próprio governo, a reforma vai retirar R$ 900 bilhões das famílias mais pobres do Brasil. Ou seja, 90% dos R$ 1 trilhão que o governo pretende economizar.

A campanha conta com um site e um vídeo, amplamente compartilhado. Na peça, Eduardo Moreira, ex-banqueiro e conhecedor dos bastidores do mercado financeiro, faz considerações sobre a proposta bolsonarista, encabeçada pelo ministro da Economia, Paulo Guedes. “A reforma da Previdência, como está sendo proposta, não vai ser boa para nenhum brasileiro. Nenhum!”, afirma.

O vídeo é curto e segue com explicações objetivas sobre um tema com detalhes que podem parecer complexos. “Os mais pobres vão ter que trabalhar por mais tempo e receber ainda menos. Para quem é servidor público e para a chamada classe média tradicional, essa reforma também é incrivelmente perversa”, aponta.

Moreira faz uma consideração de que, comprovada a necessidade de uma reforma na Previdência, ela “deveria atacar privilégios e privilegiados. Mas essa proposta ataca quase que exclusivamente trabalhadores e a classe média (…) Os dados estão no documento oficial do próprio governo. O Brasil precisa, na verdade, tributar os mais ricos, cobrar os grandes devedores da Previdência, parar de dar isenções e benefícios fiscais para quem não precisa e voltar a investir para gerar empregos”. (Da RBA/ Carta Campinas)

Continuar Lendo

BAHIA

Bolsonaro sobre barragem na Bahia: “Não temos como conter a onda, né?”

Bolsonaro teve 12,10% dos votos da cidade de Coronel João Sá

Publicado

em

Bolsonaro sobre barragem na Bahia: “Não temos como conter a onda, né?”

METROPOLES – O presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), comentou a tragédia que atingiu um povoado da cidade Pedro Alexandre, localizada a 435 km de Salvador, capital da Bahia. Após o rompimento da barragem, nesta quinta-feira (11/07/2019), o chefe do Executivo afirmou que os órgãos de defesa civil foram acionados e soltou: “Não temos como conter a onda, né?”.

“Nossos órgãos de defesa civil estão informados, estão tomando providência”, disse o presidente. Bolsonaro declarou ainda que “o governo está à disposição dos prefeitos locais para qualquer providência que por ventura julguem necessária”.

Continuar Lendo

AS MAIS LIDAS DA SEMANA