Conecte conosco

BAHIA

ERI COSTA DERRETE E GENIVALDO LIMA VOLTA AO PÁREO PARA SER O ESCOLHIDO DO GRUPO DINHA A DEPUTADO ESTADUAL

Publicado

em

As articulações para a disputa eleitoral de 2018 continuam a todo vapor em Simões Filho.

No final da tarde desta terça-feira(3), a equipe do Tudo é Política  apurou importante informação que dá conta de que a pré-candidatura  a deputado estadual do vereador Eri Costa (DEM) não caiu nas graças da maioria dos seus colegas vereadores e o mesmo está, praticamente, fora da disputa.

Confirmando-se essa situação, o cenário se torna favorável ao vereador presidente Genivaldo Lima(DEM) que terá que continuar disputando a preferência do grupo com o vice-prefeito Sid Serra(PSDB) e a vereadora Katia Cerqueira (MDB).

Dos três o único que declarou pré-candidatura foi, exatamente, o vereador Genivaldo Lima.

O vice-prefeito Sid Serra não confirma, mas também não nega ser pré-candidato, usando o discurso de que essa é uma decisão que cabe ao prefeito Diógenes Tolentino – DINHA, mesma linha adota pela vereadora e primeira dama do município, Kátia Cerqueira.

Por ser do mesmo partido do prefeito de Salvador ACM Neto, há quem esteja apostando todas as fichas que Genivaldo Lima será o escolhido para a enfrentar a batalha de 2018.

Às vésperas de uma decisão sobre uma pré-candidatura do atual prefeito de Salvador, ACM Neto, ao posto de governador do estado da Bahia, a decisão de quem será o representante do grupo DINHA na disputa para deputado estadual pela cidade de Simões Filho, deverá acontecer na próxima semana.

Até lá, muita coisa pode acontecer …

Qual sua opinião? Comente abaixo!

Clique aqui para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidades

ORLANDO DE AMADEU CHAMA EX-PREFEITOS EDSON E EDUARDO DE TICO E TECO

Publicado

em

Ao falar da vitória da deputada eleita Kátia Oliveira, o vereador e próximo presidente da casa legislativa do município – Orlando de Amadeu, chamou de “tico e teco” os ex-prefeitos Edson Almeida e Eduardo Alencar, eleito deputado estadual nas eleições de 2018.

Orlando de Amadeu disse falou que Kátia Oliveira derrotou os dois nas eleições deste ano.

Vereador Orlando de Amadeu também desafiou que seus colegas vereadores, que apoiaram o deputado eleito Eduardo Alencar fossem à tribuna para informar o endereço residencial do deputado eleito.

 

Continuar Lendo

Cidades

ASSASSINATO E TENTATIVA DE LINCHAMENTO MARCAM MANHÃ DESTA TERÇA-FEIRA EM EUCLIDES DA CUNHA

Publicado

em

Conhecido com Dilson, morador da localidade do Curral Falso, em Monte Santo, assassinou com múltiplas facadas no pescoço, Salviano, também morador da mesma localidade.

O motivo do crime ainda não foi desvendado pela polícia.

O que chamou a atenção foi a frieza do assassino que, após a barbárie, sentou em um banco próximo ao corpo, quando, por muito pouco, escapou de um linchamento por parte da população que assistiu ao crime praticado em plena luz do dia e aos pés da estátua daquele que empresta seu nome para a cidade – Euclides da Cunha – na Av Rui Barbosa, no centro da cidade.

A única informação até o momento, é que o assassino sofre de depressão.

Continuar Lendo

BAHIA

APOIO DE ACM NETO A BOLSONARO É INSULTO AOS MOVIMENTOS NEGROS  

Publicado

em

ACM Neto Apoia Bolsonaro

O assassinato de Moa do Katendê por um seguidor de Bolsonaro, revelou o avanço do fascismo no Brasil nos últimos quatro anos que se iniciou com a perseguição à única mulher eleita presidente do pais e que foi tirada do cargo por meio de um golpe parlamentar.

A escalada fascista continuou com a perseguição jurídica e midiática ao maior líder popular que o Brasil já teve, conduzida por juízes procuradores, promotores e gigantes da comunicação como a Globo, a Band RECORD e outros.

Uma vez no poder, os golpistas deram início a uma série de redução de direitos aos trabalhadores, redução de programas sociais, redução de investimentos em áreas prioritárias como saúde e educação.

O ódio às minorias, aos mais pobres, aos negros, aos índios, às mulheres, aos LGBTS+ e ao povo nordestino, avançou com as declarações do candidato Jair Bolsonaro, que agora é apoiado por ACM NETO.

Sendo a Bahia a maior comunidade negra fora da África, palco de grandes manifestações históricas da luta do povo negro por igualdade de direitos e respeito aos seus costumes, religião e cultura, o emblemático assassinato de Moa do Katendê, um negro que fez história com sua luta pela difusão e preservação da cultura negra no mundo, deve ser lembrado como mais um episódio de luta. Luta pela liberdade, pelo direito de escolha.

O prefeito ACM Neto, ao declarar apoio ao candidato Jair Bolsonaro, praticamente ratifica, mesmo dizendo que não, todo e qualquer declaração preconceituosa de Bolsonaro ao povo nordestino e às minorias.

ACM Neto deveria ser o primeiro a se posicionar contra, quando o seu, agora candidato a presidente, ofereceu capim aos nordestinos.

Quando o mesmo disse que pobre só serve para votar.

Quando ofendeu povos quilombolas ao se referir aos mesmo como se estivesse falando de animais.

ACM Neto deveria ser o primeiro a defender a comunidade LGBT+ que tantos votos lhe deu nas suas buscas por cargos eletivos.

ACM Neto, deveria lembrar que em época de eleição, é nos morros de Salvador que ele vai.

Vai nas favelas, vai nas sedes de blocos afros, bater tambor para ficar bem nas fotos para suas redes sociais.

ACM Neto deveria lembrar que aqui na Bahia existem os Filhos de Gandhy, o Olodum, O Ilê, o Vovô, o Pelô.

ACM Neto Deveria lembrar que aqui na Bahia, há comunidades indígenas que lutam a anos pela posse de suas terras, invadidas por milionários, amiguinhos do poder.

ACM Neto deveria lembrar do Quilombo Rio dos Macacos, comunidade tão humilhada por forças militares que na primeira oportunidade que tiverem, não exitaram em expulsar de suas precárias casas aquela comunidade que tanto clama pro ajuda.

É triste constatar que ACM Neto é tão pequeno em sua grandeza política.

É triste saber que para ACM Neto o povo baiano é meramente um obstáculo na busca pelo poder através do voto.

ACM Neto deve se lembrar, se é que um dia soube, que o fascismo não tolera oposição.

Não adiantará novamente, tentar aglutinar mais um grupo golpista para derrubar seu fascista de ocasião, pois caso o mesmo assuma o poder, estará ladeado por militares que não tolerarão gritos de meninos chorões e estarão prontos para dar o velho “passa-moleque” naqueles que se posicionarem contra qualquer medida imposta ao povo ou em defesa de qualquer minoria.

Com que cara ACM Neto irá à próxima Lavagem do Bonfim?

Por fim, só seria necessário dizer que o apoio de ACM Neto a Bolsonaro é uma ofensa à história do povo negro, na Bahia e no Brasil.

Se apoias um fascista, fascistas és.

Continuar Lendo

AS MAIS LIDAS DA SEMANA

Copyright © 2017 Tudo é Política