Conecte conosco

BRASIL

EM ENTREVISTA, CHEFE DO TRF PRESSIONA JUÍZES PELA CONDENAÇÃO DE LULA

Publicado

em

Em entrevista ao jornalista Luiz Maklouf Carvalho, publicada no jornal Estado de São Paulo,  o desembargador Carlos Eduardo Thompson Flores Lenz, presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), disse que a sentença do Juiz Sérgio Moro, na qual condena o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva a nove anos e meio de prisão, “é tecnicamente irrepreensível. ”

 

Dessa forma, nota-se que o presidente pressiona os três desembargadores que irão julgar os recursos do ex-presidente, mesmo sem integrar este grupo de juízes.

Questionado pelo jornalista se gostou da decisão, o desembargador Thompson não titubeou. “Gostei, isso eu não vou negar”, afirmou. “Se eu fosse integrante da Oitava Turma, e se estivesse, depois do exame dos autos, convencido de que a sentença foi justa, eu teria muita tranquilidade em confirmar.”

 

Apensar da convicção, o desembargador não teve argumentos para duas fragilidades da decisão: o fato de o triplex não ser de Lula e também a inexistência de conexão entre as reformas do apartamento e a Petrobras.

“Proprietário é o que está no registro de imóveis”, disse ele, ao se referir à questão da titularidade do triplex, que está em nome da OAS e foi cedido à Caixa Econômica Federal.

 

Sobre vínculos, inexistentes, com a Petrobras, ele fez uma afirmação que, em tese, inocentaria Lula: “O delito de corrupção passiva, e isso o Supremo decidiu desde o caso Collor, diz que precisa haver um ato de ofício que justifique a conduta praticada e o benefício recebido. Eu diria, e até já escrevi sobre isso, e por isso falo à vontade, que este ato de ofício, a meu juízo, precisa ser provado. Essa vai ser a grande questão”.

Lula poderá ficar impedido de disputar as próximas eleições, mesmo sendo favorito em todas as pesquisas, caso seja condenado em segunda instância, mesmo sem provas.

 

Esta é a maior aposta da direita e dos setores conservadores da sociedade, que ainda não encontraram um candidato capaz de enfrentá-lo.

 

BRASIL

“Nordeste cancela Bolsonaro” no topo do Twitter

Publicado

em

Depois de visitar os Estados Unidos duas vezes, Bolsonaro agendou uma visita ao Nordeste do Brasil pela primeira vez desde que tomou posse na presidência. Ele vai a Pernambuco na sexta-feira com agenda em Petrolina e Recife. Mas o movimento #NordesteCancelaBolsonaro já está no topo do Twitter.

Segundo o Ibope, o Nordeste é a região em que o presidente tem a pior avaliação, com 40% de ruim ou péssimo. Também foi a região em que seu adversário no segundo turno em 2018, Fernando Haddad (PT), venceu em todos os estados.

O deputado Paulo Pimenta (PT-RS) comentou a ida do presidente ao Nordeste pelo Twitter:

Continuar Lendo

BRASIL

MICHELE BOLSONARO ENTRA NA MIRA DO MP

Publicado

em

MICHELE BOLSONARO ENTRA NA MIRA DO MP

247 – A versão de Jair Bolsonaro sobre os famosos cheques de Fabrício Queiroz depositados na conta da primeira-dama Michelle parece ser falsa,  suspeitam os promotores do Ministério Público Federal encarregados do caso do caixa do clã. Bolsonaro garante que os dez cheques que Fabrício Queiroz depositou na conta de Michelle seriam devolução de um suposto empréstimo de R$ 40 mil.

A informação sobre a suspeita do MP é do jornalista Guilherme Amado em sua coluna na Época. 

Segundo um investigador do caso, a quebra de sigilo bancário de Michelle não foi pedida pelo MP porque ampliaria demasiadamente o escopo dos alvos, composto de 95 pessoas.

“O foco neste momento é em três núcleos: o da loja de Flávio, o do gabinete e o familiar. Em um eventual desdobramento, a primeira-dama pode se tornar alvo”, explicou um investigador do caso.

Na avaliação dos investigadores, a quebra do sigilo de Flávio, de Queiroz e dos demais assessores e familiares irá esclarecer em definitivo se é falsa ou não a versão de Bolsonaro.

Continuar Lendo

BRASIL

Deputado bolsonarista paga jantar com dinheiro público em feriadão e ameaça jornalista; ouça

Publicado

em

O deputado federal Bibo Nunes, do Rio Grande do Sul, é do mesmo partido que o presidente Jair Bolsonaro, o PSL.

Há alguns dias ele discutiu e ameaçou, ao vivo, o radialista/jornalista  Elias Silveira, da Rádio Osório.

Motivo: questionou o  parlamentar ter pago com recursos públicos um jantar numa pizzaria de Xangri-lá, município no litoral Norte do RS, em pleno feriadão do Carnaval.

Ouça, acima, o áudio da Rádio Osório e diga quem tem razão: o jornalista/radialista Elias Silveira ou o deputado Bibo Nunes?

Arminha é pra isso também, deputado?

Revista Fórum

Continuar Lendo
BANNER

AS MAIS LIDAS DA SEMANA