Conecte conosco

Lavajato

DECISÃO DE MORO LEGITIMA DESOBEDIÊNCIA CIVIL, DIZ CONSTITUCIONALISTA

Publicado

em

PUBLICADO NO REDE BRASIL ATUAL

Para o jurista e professor de Direito Constitucional na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) Pedro Serrano, o fundamento da ordem de prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva emitida pelo juiz Sérgio Moro é inexistente juridicamente, e torna legítimo o direito de resistência e a desobediência civil.

“Se é inexistente, não há nenhum sentido institucional na violência da prisão contra ele. Ela vem, pela coisa jurídica, na forma de uma violência comum, de um particular sobre outro. Portanto, legitima o exercício do direito de defesa. Estamos numa situação claramente em que não há justificativa para resistir com violência, mas há toda legitimidade para resistir com desobediência civil”, afirma o constitucionalista, em entrevista ao Seu Jornal, da TVT, em plantão na madrugada desta sexta-feira (6).

“A decisão do Supremo ainda não foi publicada. A decisão do TRF4 que negou os embargos de declaração ainda não foi notificada aos advogados de defesa, ou seja, não tem publicação. Ato público, ato judicial não publicado é ato que não é apenas ilegal, é ato juridicamente inexistente”, explica o professor.

Ele disse que o direito de resistência é um fundamento implícito às normais constitucionais dos países do Ocidente, desde a Revolução Francesa, e tem inspiração no filósofo inglês John Locke, que teorizou sobre o direito de resistir à tirania.

“Como vão prender o ex-presidente e retirar dele o direito de crítica, surge a legitimidade, dele e das pessoas que o apoiam, para desobedecerem de forma pacífica à ordem judicial. Óbvio que o Estado pode usar da força física e acabar prendendo o ex-presidente, mas pelo menos fica como símbolo, para demonstrar que ele é um preso político, vítima de medida de exceção, e não um preso normal que cometeu alguma ilicitude preso por uma ordem judicial ou processo penal minimamente legítimo.”

Clique aqui para comentar

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

BRASIL

VÍDEO: irmão de caseiro do sítio de Atibaia disse que mulher e filho foram levados pela PF para falar de Lula sem mandado

Publicado

em

Continuar Lendo

Lavajato

SÍTIO DE ATIBAIA: LULA É CONDENADO A 12 ANOS

Sequestrado em Curitiba, Lula é novamente condenado a 12 anos de prisão.

Publicado

em

LULA

A juíza federal da Lava Jato impôs nova sentença ao ex-presidente, por supostas propinas das empreiteiras Odebrecht, OAS e Schahin correspondentes às reformas de R$ 1 milhão no imóvel localizado em Atibaia, interior de São Paulo.

Lula está preso na sede da Polícia Federal em Curitiba desde 7 de abril do ano passado, cumprindo pena de 12 anos e um mês na ação do triplex do Guarujá.

Continuar Lendo

Lavajato

LULA PRESTA DEPOIMENTO SOBRE SÍTIO DE ATIBAIA À JUIZA GABRIELA HARDT

Publicado

em

lula-depoe-à-juiza-Gabriela-Hardt

Preso político há sete meses, Lula prestou depoimento à juíza substituta da Lava Jato, Gabriela Hardt, nesta quarta-feira(14), sobre o caso do sítio de Atibaia.

A magistrada Gabriela Hardt substitui o amigo juiz-ministro Sérgio Moro na 13ª Vara Federal de Curitiba, que entrou em férias antes de assumir um ministério no governo que ajudou a eleger.

Assista aos vídeos:

Continuar Lendo

AS MAIS LIDAS DA SEMANA

Copyright © 2017 Tudo é Política